Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Emenda da CNM reajusta valor da merenda escolar pelo INPC

Emenda da CNM reajusta valor da merenda escolar pelo INPC

Compartilhe

Emenda da Confedera??o Nacional de Munic?pios (CNM) subscrita pelo deputado ?tila Lira (PSB-PI) ao Projeto de Lei (PL) 7629/2006, que estende aos alunos do ensino fundamental de jovens e adultos o Programa Nacional de Alimenta??o Escolar (PNAE), corrige o valor repassado aos munic?pios pelo ?ndice Nacional de Pre?os ao Consumidor (INPC).

Atualmente, as prefeituras recebem R$ 0,22 por aluno ao dia para garantir a merenda escolar, que custa, em m?dia, R$ 0,80 por aluno ao dia. Esse valor est? congelado desde abril de 2006 e se fosse corrigido hoje pelo ?ndice proposto pela emenda, passaria para R$ 0,23 centavos, ap?s corre??o de 5,25%. O percentual corresponde ? infla??o acumulada de abril do ano passado a setembro deste ano pelo INPC.

Para a Confedera??o Nacional de Munic?pios (CNM), o aumento, embora pequeno, ? importante na medida em que representa uma pol?tica de corre??o permanente.

?Recebemos R$ 0,22 por aluno ao dia para oferecer merenda completa. Isso ? menos do que um cafezinho. Mesmo assim, conseguimos cumprir nossa obriga??o a um custo de R$ 0,80 por aluno ao dia. Trata-se de um valor irris?rio frente aos pre?os de mercado, mas mostra que os munic?pios t?m sido capazes de fazer milagres com o que recebem da Uni?o?, desabafa o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar