Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Empresário que atropelou jovens é acusado de agredir a ex-namorada

Segundo consta na denúncia do Ministério Público, o fato aconteceu em 2016.

Compartilhe

Atualizado às 15h33

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que o empresário, Pablo Henrique Campos passou em alta velocidade em seu veículo modelo Jeep Renegade após atropelar sua namorada e matar amiga, na madrugada de domingo, na zona Leste de Teresina. 

Nas imagens é possível ver o momento em que o veículo conduzido pelo empresário passa em alta velocidade em uma avenida próximo ao local do crime, minutos após o atropelamento. 

Veja o vídeo


Empresário tem prisão em flagrante convertida em preventiva em audiência na capital

A justiça converteu em preventiva a  prisão em flagrante do empresário Pablo Henrique Campos Santos, acusado de atropelar a namorada e matar a amiga na madrugada de domingo (29/09). A audiência de custódia ocorreu às 10h desta segunda-feira (30), no Fórum Cível e Criminal de Teresina. 

O juiz Valdemir Ferreira Santos decidiu pela conversão da prisão no intuito de garantir a ordem pública e garantia da aplicação da lei penal, tendo em vista a periculosidade do acusado. 

Pablo é denunciado por agredir e ameaçar a ex-namorada de morte

De acordo com a Delegacia Especializada dos Direitos da Mulher, o empresário Pablo Henrique Campos Santos, também é acusado de ameaçar e agredir a ex-namorada no ano de 2016. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima foi identificada com as iniciais R.N.A.S. e se relacionou com Pablo durante 10 meses no ano citado. 

Segundo a denúncia, no dia 7 dezembro de 2016, às 03h da madrugada, o casal estava em casa quando iniciaram uma discussão banal. A jovem relatou no boletim que Pablo a espancou, deixando vários hematomas no seu corpo. Ela ainda afirmou que o acusado se armou com uma faca e lhe ameaçou de morte. A vítima disse que teve que se ajoelhar e implorar para que não fosse morta.

Pablo foi preso horas depois do atropelamento

A assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), comunicou através de nota que a jovem Anuxa Kelly Alencar não precisará passar por cirurgia. “Somente tratamento conservador, ou seja, sem necessidade de cirurgia. A princípio foi cogitada a necessidade de uma cirurgia no fêmur, porém após a realização de novos exames o procedimento cirúrgico foi descartado”. 

Anuxa é namorada de Pablo, e segundo familiares, os dois sempre protagonizaram discussões.

Empresário que atropelou jovens responde ação na justiça por acidente

Em uma denúncia no Ministério Público do Piauí datada do dia 17 de abril de 2016, consta que o empresário identificado como Pablo Henrique Campos Santos, acusado de matar a enfermeira Vanessa Carvalho e de ferir a sua namorada Anuxa Kelly após um atropelamento na madrugada de domingo (29/09), na Avenida Homero Castelo Branco, na zona Leste de Teresina, já responde a um processo na justiça acusado de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. 

A denúncia do MP relata que no dia 17 de abril do ano de 2016, às 18h15, na rodovia BR-343, o empresário estava em um veículo modelo Toyota Corolla GLI, quando a roda direita do reboque se soltou, fazendo com que ele perdesse o controle e a lateral direita do reboque atingiu um homem identificado como Antônio Ribeiro da Cruz Filho que estava em uma motocicleta Honda CG Fan. 

Pablo e a namorada Anuxa Alencar

Após o acidente, Pablo teria abandonado o carro e fugido do local. Antônio sofreu ferimentos nos membros inferiores. O Ministério Público enquadrou o réu em vários artigos do Código de Trânsito Brasileiro por praticar lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, deixar o condutor do veículo no acidente, de deixar de prestar socorro à vítima para fugir da responsabilidade penal ou civil. 

Em sua defesa, Pablo alegou que não foi imprudente, negligente e nem provocou o acidente por imperícia. A ação foi prescrita no dia 8 de maio desse ano. 

Vanessa (de branco) morreu com atropelamento; Anuxa (de preto) está internada


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar