Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Empresários alemães demonstram interesse em investir no Nordeste

Os governadores que integram o Consórcio Nordeste participaram de reunião no Ministério da Economia da Alemanha.

Compartilhe

O governador Wellington Dias participou, nesta sexta-feira (22), junto aos governadores que integram o Consórcio Nordeste, de reunião no Ministério da Economia da Alemanha, onde busca investidores para a região. O encontro foi aberto pelo embaixador do Brasil na Alemanha, S.E. Jaguaribe, que destacou o potencial do Brasil e do Nordeste para investimentos de empresas alemãs na região. A maioria das empresas presentes destacaram o interesse em parcerias na área de transportes urbanos, com possibilidade de investimentos em ferrovias e Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

O Brasil apresenta as possibilidades de investimentos por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs) em áreas como saneamento básico e transporte urbano. Só em PPPs na área de saneamento, o Nordeste soma R$ 27 bilhões de investimentos em editais abertos nos nove estados da região, com contratos previstos para 30 anos.

A mineração tem sido outra oportunidade apresentada pelo Brasil com possibilidades de exploração de ferro, níquel, calcário, sempre com a necessidade da utilização de tecnologias que minimizem os impactos ambientais e trabalhe mecanismos de recuperação e compensação ambiental.

A comitiva de governadores foi questionada pelos alemães sobre a estrutura de distribuição de energia como fator importante para universalizar o acesso e não apenas o foco na geração de energia. Outro ponto foi a preocupação dos alemães sobre os aspectos da economia circular. Neste quesito, o governador Wellington Dias destacou a importância de fechar acordo com a Alemanha na área de gestão dos resíduos sólidos e reuso da água, entre outros projetos que tenham a marca da conservação e preservação ambiental.

“Aqui na Alemanha, já temos parceria com o KfW Bankengruppe, uma agência que financiou o nosso programa de saneamento rural, e agora abrimos a possibilidade de uma parceria com o Piauí, dentro do Consórcio Nordeste, com o apoio do governo brasileiro, voltada para a área do saneamento rural e de pequenos municípios. O objetivo é evoluir na área ambiental e também na geração de renda, especialmente para as pessoas do campo e de periferia das cidades. Uma agenda no Brasil já foi apontada para trabalhar os projetos concretos de investimentos na nossa região e saio bastante animado com as perspectivas”, disse Wellington.

O presidente do Consórcio Nordeste, governador Rui Costa, da Bahia, pontuou que o Nordeste é uma região com grandes desafios, mas que esses se transformam em oportunidades de investimentos, o que deve atrair empresas alemãs. O presidente lembrou ainda que em janeiro de 2020 o consórcio fará um workshop sobre os novos leilões para PPPs e Concessões na área de transporte urbano, envolvendo os nove estados do Nordeste.

Fonte: Portal do Governo do Piauí


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar