Estudantes fazem vaquinha para ajudar jovem queimada em explosão

O objetivo da campanha é arrecadar R$ 30 mil

Alguns estudantes de medicina estão fazendo uma vaquinha na internet para ajudar a família da jovem que teve 80% do corpo queimados após uma explosão no apartamento em que morava em Cascavel, no oeste do Paraná. O acidente aconteceu no ultimo dia 11. Parte do prédio ficou destruído.

Segundo os bombeiros, a explosão pode ter sido causada por um vazamento de gás no apartamento de Maria Luisa Kamei, de 20 anos. Vários andares foram danificados. Paredes, portas, janelas e móveis foram destruídos. As causas continuam sendo investigadas.

O objetivo da campanha é arrecadar R$ 30 mil. Até este domingo (26), o site indicava a doação de cerca de R$ 10,5 mil.

O dinheiro, explica a presidente do centro acadêmico, Paula Rissi Nogari, será repassado à família de Maria Luíza, que mora em Maringá, no norte.

 Estudantes fazem vaquinha para ajudar jovem queimada em explosão
Estudantes fazem vaquinha para ajudar jovem queimada em explosão


“Os custos com o internamento estão sendo cobertos pelo plano de saúde e os familiares dela estão ficando em casa de parentes em Curitiba. Mas, sabemos que o tratamento deve ser longo e eles vão precisar de recursos mais tarde para a compra de medicamento, por exemplo”.

A ‘vaquinha’ foi lançada na sexta-feira (24) à noite e deve se estender por três meses. “Recebemos o contato de uma associação internacional de estudantes de medicina e de alunos de outros estados. Todos querendo ajudar de alguma maneira. E isso já está tendo resultado. Neste mesmo dia recebemos a notícia de que a Malu abriu os olhos. Ela está lutando pela vida”, comemora Paula.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com