Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Estudantes protestam contra bloqueio de verbas no centro de Teresina

Este já é o segundo ato realizado por estudantes contra o bloqueio de verbas do MEC; confira os registros

Compartilhe
Google Whatsapp

Alunos, professores, instituições de ensino e demais grupos realizaram um protesto nacional na manhã desta quarta-feira (15) em frente a Praça da Bandeira. Durante o ato, os manifestantes usaram carros de som, cartazes e faixas com palavras de ordem contra o bloqueio de 30% dos recursos de orçamento anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) nos repasses para a educação.

Foto: Ananda Soares

Os manifestantes reivindicam pelo cancelamento do corte e informam a importância das instituições e os grandes feitos da pesquisa científica. Estudantes de diversos cursos como Letras, Geografia, Filosofia, Medicina, Pedagogia e Direito, acompanhados de Centros Acadêmicos, professores, terceirizados e a população em geral, carregam cartazes que ironizam o atual presidente, informam sobre os cortes e debatem injustiças sociais vivenciadas por grupos LGBTs, negros e mulheres. 

Foto: Ananda Soares

 Em sua maioria, os participantes são contra a política do atual governo de Jair Bolsonaro (PSL). Algumas ruas e avenidas no entorno da Praça da Bandeira foram fechadas pelo grupo durante o ato. A estudante de engenharia mecânica da UFPI, Aline Pacheco  diverge da proposta do governo por conta de cortes nas pesquisas de extensão. "Na engenharia nosso grupo de extensão será impossibilitado de realizar pesquisa e extensão, principalmente no grupo que participo", afirma a acadêmica.

Foto: Ananda Soares

"Estamos na luta contra o governo que está fazendo ataques à nossa categoria retirando verbas da educação e de outras áreas e temos que nos movimentar", disse o professor da rede municipal, Welligton da Silva. 

Até o momento, o número de manifestantes não foi confirmado pela Polícia Militar. O presidente da CUT-PI, Paulo Bezerra se juntou ao movimento estudantil enfatizando que a mobilização é justa para por fim ao sistema governamental. 

"O ensino superior está ameaçado, os IFPIs e campis do interior estão ameaçados. Já recebemos a confirmação que mais de 30 funcionários terceirizados da universidade serão demitidos agora em maio por falta de recursos e isso é o começo do corte. Não podemos deixar a população passar por isso sem resistir,sem lutar e enfrentar esse governo. O propósito do governo é tirar a educação gratuita da população carente, os pobres não terão direito de se formar", disse.

Na tarde da terça (14), os estudantes da UFPI interditaram a entrada da universidade pelo mesmo motivo. Na semana passada, o reitor da UFPI, Arimateia Dantas Lopes, informou que se o bloqueio dos recursos continuar, a instituição terá dificuldades em concluir o ano. O bloqueio de mais de R$ 33 milhões de reais representa quase 50% do orçamento da UFPI para o período entre maio e dezembro de 2019. 

Menos  verbas

O Ministério da Educação anunciou o bloqueio de 30% na verba das instituições de ensino federais vai valer para todas as universidades e todos os institutos.

Confira os registros


Estudante do Instituto Federal do Piauí/ Foto: Ananda Soares

Estudante protesta contra medidas / Foto: Ananda Soares


Aluno do curso de Filosofia rebate declarações do Ministro da Educação




Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto