Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Febre Amarela preocupa vizinhos do Brasil

Febre Amarela preocupa vizinhos do Brasil

Compartilhe

A confirma??o de dois casos de febre amarela silvestre em humanos no Pa?s fez pelo menos tr?s na?es que fazem fronteira com Brasil recomendar oficialmente, neste s?bado, 12, a vacina??o de seus cidad?os que pretendam viajar rumo ao Pa?s.

Argentina, Paraguai e Uruguai aconselharam a vacina??o contra a febre amarela ?s pessoas que devem viajar ao Brasil ? um dos principais destinos dos turistas sul-americanos em plena temporada de f?rias de ver?o.

Em comunicado, o Minist?rio da Sa?de do Paraguai afirma que em 1950 foram registrados os tr?s ?ltimos casos fatais da febre amarela no Paraguai. A Embaixada do Brasil em Assun??o indicou em uma nota que as pessoas que desejam entrar no territ?rio brasileiro devem se vacinar, no m?nimo, dez dias antes da viagem. E m Buenos Aires, capital argentina, v?rias pessoas tem enfrentado filas para tomar a vacina contra a doen?a. Na quinta-feira, 10, pelo menos 3 mil pessoas enfrentaram mais de sete horas de fila para a imuniza??o.

O minist?rio da Sa?de argentino divulgou comunicado que ressalta que os turistas que embarcarem para o litoral sul brasileiro n?o precisam ser imunizados. No entanto, devido ? grande procura, o minist?rio habilitou mais dois locais de vacina??o na capital do pa?s. Em comunicado, o Minist?rio de Sa?de P?blica do Uruguai tamb?m recomendou ?s pessoas que v?o viajar ao Brasil, em especial para ?reas rurais e de selva, que se vacinem contra febre amarela com no m?nimo dez dias de anteced?ncia.

O comunicado indica, por?m, que as cidades costeiras, incluindo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, S?o Paulo, Salvador, Recife e Fortaleza n?o s?o ?reas com risco de transmiss?o.

Casos no Brasil

At? o momento, o Minist?rio da Sa?de do Brasil registrou 15 notifica?es, procedentes dos Estados de Goi?s, Minas Gerais, S?o Paulo e Distrito Federal. Tr?s casos foram descartados, dois foram confirmados e o restante est? ainda em investiga??o.

O primeiro caso confirmado ? o do administrador de empresas Graco Abubakir, de 38 anos, que morreu em um hospital de Bras?lia na segunda-feira, 7. A hip?tese do Minist?rio da Sa?de ? a de que Abubakir tenha sido contaminado quando esteve em cachoeiras do munic?pio goiano de Piren?polis, a 150 quil?metros de Bras?lia, nos feriados de final do ano. O outro caso ? de uma jovem paulistana, que est? internada no Hospital S?o Luiz, na zona sul de S?o Paulo.

Ela teria contra?do a doen?a durante uma viagem ao Mato Grosso do Sul. A paciente n?o estava vacinada contra febre amarela.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar