mais

Filha de pastor morre 2 meses após o pai ter mal súbito surfando no ES

Parentes contam que jovem de 26 anos, que também surfava, sofreu um infarto

Mariana Migliorini Rezende de Jesus, de 26 anos, morreu na última segunda-feira (21) pouco mais de dois meses depois do pai, Robson Baião, que não resistiu a um mal súbito enquanto surfava em Guarapari, no Espírito Santo.

Ela era a filha mais velha do pastor, que era surfista amador, e havia herdado uma rede de clínicas odontológicas do pai. Parentes contam que ela passou mal na manhã do dia da morte, com náuseas e dores, início dos sintomas de um infarto, segundo um tio da jovem.

Mariana havia feito uma cirurgia para redução dos seios na segunda-feira (14), uma semana antes de sua morte, e não foram detectadas alterações nos exames pré-operatórios.

Mariana e o pai Robson morreram no intervalo de dois mesesMariana e o pai Robson morreram no intervalo de dois meses

"O procedimento, o pós-cirúrgico e os exames foram tudo certo. [...] Quando ela foi para o hospital [na segunda-feira], 21, ninguém considerou que poderia ser um infarto", disse Abner Rezende, tio da jovem e irmão do pastor Robson.

"Ela começou a passar mal, sentir dor e teve um infarto não detectado no momento, o que pode acontecer com qualquer um", relatou o tio sobre as informações coletadas por uma tia da empresária, que é da área da saúde, ao conversar com a equipe de médicos que a atendeu.

"O fato do meu pai ter tido um infarto com 34 anos, depois o meu irmão [Robson] que morreu com 53 anos de infarto fulminante, depois de ter o primeiro com 48 [pode ter contribuído]", opinou Abner.

Mariana surfava e praticava corrida com o marido

Como o pai, Mariana também surfava e praticava corrida com o marido. A morte dela ocorreu por volta das 16h30 e o corpo foi liberado ainda no mesmo dia para sepultamento.

"A solidariedade que tiveram com o meu irmão [foi grande], ele era muito conhecido. Ela não era conhecida, mas como foi quase tudo junto e ela muito nova, a comoção [está sendo] tão grande quanto", declarou o tio.

A rede de clínicas odontológicas que a jovem herdou do pai publicou uma nota de pesar pela partida repentina da jovem.

"Mariana nos deixa em sua plena juventude, mas nos deixa a certeza de que não é o tempo que nos faz alcançar a eternidade, mas sim uma vida em servidão e temor a Deus", escreveu o perfil do Instagram da empresa.

Além de mãe, empresária e surfista, o tio de Mariana conta que ela também era seminarista no Seminário Surfistas de Cristo, fundado pelo pai em Guarapari.

Emocionado, ele conta as lembranças que vai ter da sobrinha: "A maior lembrança que vamos ter dela é o filho. A gente que conhecia ela, que via ela pegando onda, uma menina simples, que nunca foi de ir em shopping e boutique, [víamos] que ela era uma mãe espetacular".

Mariana deixa o marido e um filho de um ano e quatro meses.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail