Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Flordelis chora, se atrasa para audiência e leva bronca de juíza

Deputada federal é acusada de ser a mandante do assassinato do marido. Ela foi intimada da sessão no Rio, em Brasília e pelo celular.

Compartilhe

A Justiça do Rio realiza na tarde desta sexta-feira (13) uma audiência sobre o caso Flordelis. São ouvidas testemunhas de acusação no processo que apura a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal. Apontada como mandante do crime, Flordelis chegou atrasada e levou uma bronca da juíza Nearis dos Santos.

Ao entrar no tribunal, a deputada chorou e negou o crime: "Eu não mandei matar meu marido. Jamais faria isso", disse.

A princípio, seriam ouvias testemunhas de acusação e defesa, mas como havia muitos depoentes a juíza decidiu desmembrar o procedimento - só as de acusação serão ouvidas nesta sexta.


Deputada Flordelis chega atrasada em audiência — Foto: Reprodução

A Justiça determinou que Flordelis fosse notificada da audiência nos endereços no Rio e em Brasília, além da intimação por WhatsApp, após a dificuldade que teve para intimá-la a usar tornozeleira eletrônica.

A tornozeleira foi instalada há pouco mais de um mês. Dias depois, ela exibiu o equipamento em um culto.

Denúncia de mandar matar o marido

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019. Ela nega as acusações.

Sete filhos e uma neta da deputada também respondem pelo crime.

Flordelis só não foi presa por ter imunidade parlamentar. No entanto, um processo por quebra de decoro está em andamento em Brasília, o que pode acarretar na perda de seu mandato.

O relatório da Corregedoria da Câmara dos Deputados afirma que Flordelis não conseguiu provar que ela não quebrou o decoro parlamentar.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu processo pedindo pela cassação do mandato da deputada.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar