Gabinete de Gestão Integrada da Segurança é implantado no Piauí

Fábio Abreu falou da atuação da polícia

O Gabinete de Gestão Integrada de Segurança do Estado do Piauí (GGI/ PI) foi implantado na quarta-feira (21), em cerimônia no Palácio de Karnak, e tem como objetivo integrar os diversos órgãos federais, estaduais e municipal da segurança e comunidade a fim de priorizar a gestão da informação, inteligência e o planejamento estratégico das ações voltadas para o bem estar dos piauienses, preservar vidas e coibir a criminalidade e violência em todo o Piauí.

A solenidade que marcou o início do GGI aconteceu com a presença da governadora em exercício, Margarete Coelho; do secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu; do comandante geral da Policia Militar do Piauí, Carlos Augusto; do comandante do Corpo de Bombeiros, Carlos Frederico; do delegado geral da Polícia Civil, Riedel Batista; da defensora pública geral, Hildeth Evangelista, além de representantes da Polícia Federal e outros órgãos. 

Na oportunidade, o secretário Fábio Abreu, que coordenará o grupo, explicou o funcionamento do Gabinete e realizou uma apresentação dos dados da segurança No Estado. “Queremos, aqui, expor as normas de funcionamento aos componentes deste gabinete. Vamos mostrar os dados e ideias para tomarmos decisões em conjunto. Vamos efetivar o que já estava instituto em lei através do Decreto nº. 11.843, de 2005”, disse.

A governadora em exercício Margarete Coelho disse que a instalação efetiva do GGI tem como objetivo também dar transparência aos dados da Segurança e honrar o compromisso de transparência com os cidadãos. “Não vamos maquiar dados. Queremos a adesão de todos para debater as políticas públicas e cada um conhecer o papel e todos os órgãos são partícipes dessa politica poderão opinar. Desenvolveremos uma avaliação, uma conferência em torno dessas políticas. A população pode participar muito diretamente comunicando as ocorrências para trabalhamos as ocorrências, para que a policia possa agir mais intensamente neste local”, disse.

Fábio Abreu falou da atuação da polícia no qual mais de 90% dos carros e motos roubados são recuperados, assim como todos os estupradores que foram denunciados foram presos. De acordo com a diretora de Gestão Interna da Secretaria da Segurança Pública do Piauí, Eugênia Villa, as reuniões acontecerão mensalmente, mas também de forma extraordinária e em momentos de crise. "Essa é uma mudança muito positiva na gestão. A ideia é trazer a comunidade para discutir as ações que serão implementadas. Queremos imprimir um sistema dialógico, no qual podemos criar Câmaras Temáticas, a exemplo da violência contra a mulher, explosão de caixas eletrônicos, armas e unir forças com a academia e com especialista no assunto de forma a gerar relatórios e diretrizes para o planejamento estratégico", explica.

O GGI é composto por doze membros efetivos do Sistema de Segurança Pública e Justiça Criminal, representando as seguintes entidades: Secretaria da Segurança Pública, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Justiça, Defensoria Pública, Polícia Federal , Polícia Rodoviária Federal , Forças Armadas, Tribunal de Justiça, Procuradoria Geral de Justiça e Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Fonte: Com informações do Portal do Governo