Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Wellington Dias lança o Programa de Telemedicina

Programa de Telemedicina, lançado na tarde dessa segunda-feira (21)

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

Monitoramento de pacientes, troca de informações médicas e análise de resultados de diferentes exames compõe o processo do Programa de Telemedicina, lançado na tarde dessa segunda-feira (21) no auditório do Hospital Getúlio Vargas (HGV), pelo governador Wellington Dias, Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh). Na apresentação, foi realizada uma teleconferência entre o HGV e o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. A meta é promover a integração de toda rede hospitalar pública do estado.

Em sua fala, Wellington Dias revelou que já foram investidos mais de R$ 42 milhões em rede de fibra ótica em todo o estado para facilitar a expansão de informações. “O objetivo é avançar em educação e saúde para os 224 municípios do estado. O que estamos vivenciando hoje, vai nos levar a um caminho novo, integrar o HGV com os municípios, com o Brasil e com o mundo”, disse. 

 src=


Para o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, neste primeiro momento, o programa vai possibilitar a integração do HGV com o Hospital de Parnaíba, como já acontece com o Hospital de Floriano. “A iniciativa é extremamente importante para a saúde pública e para o desenvolvimento das atividades hospitalares no Piauí, tendo em vista que, com a mediação tecnológica, os profissionais poderão compartilhar ações, diagnósticos e  analisar a situação dos pacientes e assim, teremos a integração dos hospitais”, explica o secretário.

A diretora geral do HGV, Fátima Garcêz, ressaltou que o lançamento do programa representa um grande êxito para Saúde no Piauí, onde o HGV que é um hospital de alta e média complexidade, e através dessa tecnologia, vai se integrar com a rede dos hospitais do interior do Estado. “Estamos iniciando com a discussão de um caso com o hospital de Parnaíba. Algo de extrema importância que é uma troca de conhecimentos, de dados, já que o HGV dispõe de uma equipe qualificada com residentes, professores para que todos os hospitais, além do HEDA, possam usufruir dessa tecnologia para melhorar a conduta e o diagnóstico dos pacientes internados”, destaca Garcêz.

 src=

O presidente da Fundação Hospitalar do Estado (Fepiserh), Rafael Neiva, enfatiza que com o uso de tecnologias de informação que agregam qualidade e velocidade na troca de conhecimento, os médicos podem tomar decisões com maior agilidade e precisão. "Através do Programa da Telemedicina, os especialistas conseguem trocar informações de qualquer lugar do estado, utilizando computadores e até dispositivos móveis conectados à internet. É uma tecnologia já utilizada pelo mundo, de forma segura, respeitando as normas médicas e  dando apoio para a medicina tradicional", comenta Neiva.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar