HGV sedia Mutirão de Combate à Hanseníase no sábado (28)

Devem comparecer ao local pessoas com alguma mancha suspeita

Com o objetivo de alertar à população da importância do diagnóstico precoce e identificar possíveis casos de hanseníase, a Clínica Dermatológica do Hospital Getúlio Vargas (HGV) realiza, neste sábado (28), um mutirão de combate à doença.

Segundo o coordenador do Serviço de Dermatologia do HGV, Jesuíto Montoril, devem comparecer pessoas que tenham alguma mancha suspeita - esbranquiçada ou avermelhada - com dormência no local.

O médico explica que, para participar da ação, que será realizada das 8h às 14h, basta apresentar a carteira de identidade (RG) e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). "Os casos que forem diagnosticados como positivos serão encaminhados para tratamento, inclusive no próprio HGV, que é um dos dois centros de referência da doença no estado", destaca Jesuíto Montoril.

Mutirão contra a hanseníase no HGV
Mutirão contra a hanseníase no HGV


Ainda de acordo com o coordenador, o Piauí ocupa hoje o 11º lugar no Brasil em número de casos de hanseníase. "O estado vem mantendo uma média de cerca de 1.050 casos por ano. É preciso esclarecer que a hanseníase tem tratamento, que dura de 6 a 12 meses, é gratuito e está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A média de cura no Piauí é bastante alta", completa o médico.

No mutirão do ano passado, foram atendidas 144 pessoas e dez casos identificados, todos da forma multibacilar. Sendo oito em adultos e dois em menores de 15 anos.

A ação é uma parceria do HGV e Fundação Municipal de Saúde (FMS), com participação do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), e faz parte das comemorações do Dia Mundial de Combate à Hanseníase, sempre celebrado no último domingo de janeiro.

Serviço de Dermatologia do HGV

O Serviço de Dermatologia do HGV trabalha com a prevenção, diagnóstico clínico e/ou por meio de exames de baciloscopia e biópsia, e tratamento da doença, incluindo as reações hansênicas. Para isso, conta com uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

A Clínica Dermatológica do HGV fica na Rua Governador Raimundo Artur de Vasconcelos, Centro-Sul, em frente ao Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela (IDTNP).

Hanseníase

A hanseníase é uma doença infecciosa que atinge a pele e os nervos das mãos, braços, pernas, rosto, olhos, orelhas e nariz. O diagnóstico da hanseníase é basicamente clínico; somente em alguns casos são necessários solicitar exames complementares para confirmação diagnóstica.

O tratamento é oferecido gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e é mais efetivo quando a doença é diagnosticada precocemente.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com