Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Homem agride mulher e é liberado de delegacia por falta de plantonista

Caso aconteceu na cidade de Porto, no Norte do Piauí, na noite desta quarta-feira (30).

Compartilhe

Um homem foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira (30), acusado de ter espancado a própria esposa com socos e pontapés na cidade de Porto, no Norte do Piauí. No entanto, o agressor, identificado como  Fábio Júnior foi liberado no pátio da delegacia da cidade, devido a ausência de um plantonista na delegacia local. 

A mulher, que não teve sua identidade revelada, foi encontrada jogada à beira da PI-112, entre as cidades de Porto e Nossa Senhora dos Remédios. A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e fazer o resgate da mulher. 

Acusado foi liberado da delegacia após ser preso em flagrante (Reprodução)

Segundo o sargento Jota Luís, ao chegar à delegacia, o prédio estava fechado, sem nenhum agente da polícia civil para fazer os procedimentos de sua competência legal. Ele teve que soltar o acusado ainda no prazo de flagrante. O agente gravou o momento em que tiveram que soltar Fábio Júnior, que já responde por violência doméstica. A vítima também foi até a delegacia, ainda nervosa e se queixando de dores. 

Ele narra no vídeo que ainda tentou abrir o prédio com uma chave velha repassada à equipe do Grupamento da Polícia Militar (GPM), para colocar o preso na cela, mas não conseguiu. De acordo com informações da  Diretora de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí, Ten. Cel. Elza Rodrigues, ao Meionorte.com, o registro foi encaminhado para análise junto a Corregedoria Geral da PMPI,  que tomará todas as providências legais cabíveis que o caso requer. 

Já a Polícia Civil do Piauí, divulgou uma nota informando que a Delegacia de Porto vai instaurar inquérito para investigar o crime praticado pelo homem que aparece, no vídeo, sendo conduzido e liberado pela Polícia Militar. “A Polícia Civil do Piauí, por meio da presente nota, esclarece que a Corregedoria de Polícia vai apurar eventuais responsabilidades administrativas em relação ao caso”, diz trecho do comunicado. 

Delegacia Policial de Porto, onde ocorreu o caso (Reprodução)



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar