Homem é preso acusado de matar a ex após discussão e ir ao velório

Suspeito foi preso e confessou o crime

Um homem foi preso sob acusação de matar a ex-mulher com dois cortes no pescoço no Paraná. Hênio confessou o crime. O casal teria se separado em fevereiro deste ano, mas continuavam se encontrando. Eles moraram juntos durante três anos. Hênio teria mandado mensagens para a ex-mulher, que não respondeu. O suspeito teria então ido à casa da vítima e a visto com outro homem. No caminho de volta para casa, ele passou na farmácia e comprou uma caixa de luvas cirúrgicas.

No dia seguinte, segundo a polícia, ele foi até a casa da ex com as luvas e uma faca no bolso. Eles começaram a discutir e Hênio empurrou a mulher - que bateu a cabeça e começou a sangrar. Neste momento, o suspeito teria feito dois cortes com uma faca no pescoço da mulher, que morreu na hora.

Hênio sabia da senha do celular da mulher e leu as mensagens. Depois disso jogou o aparelho e um tablet no rio. O corpo da vítima foi encontrado pela prima dela, que foi até a casa onde o crime aconteceu a pedido da mãe da mulher.

 O suspeito chegou a ir ao velório da vítima. Ele também teria mandado uma mensagem para a ex no dia seguinte do crime. As autoridades acreditam que ele tenha feito isso para despistar as investigações.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com