Homem mata namorado a marteladas após descobrir suposta traição

Eles moravam juntos em uma casa no bairro Vila Zilda em SP

Um homem matou o companheiro de 60 anos com várias marteladas na cabeça na noite desta quarta-feira (22) dentro de uma casa em Guarujá, no litoral de São Paulo. O autor do homicídio fugiu após o crime e ainda não foi preso. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por uma suposta traição.

Álvaro (à esquerda) foi morto a marteladas
Álvaro (à esquerda) foi morto a marteladas

De acordo com informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada pelo telefone 190 por volta das 21h30 para atender um caso de uma briga entre um casal na Rua Bernardete Pereira de Mello, na Vila Zilda. Quando a equipe chegou ao local, Álvaro Luiz dos Reis Dias, de 60 anos, foi encontrado caído no chão do quarto com vários buracos na cabeça.

Segundo testemunhas ouvidas pela polícia, o companheiro dele, identificado como Leonardo, teria desferido golpes em Álvaro, utilizando um martelo, e depois fugiu. Além dos dois, um jovem que morava com eles foi ouvido pelos policiais e alegou não ter visto nada. A versão do rapaz será investigada antes que a participação dele no crime seja descartada.

A Polícia Militar acionou o SAMU, que constatou a morte de Álvaro ainda no local. A Polícia Militar apreendeu o martelo e o celular da vítima. O caso foi encaminhado à Delegacia Sede de Guarujá. Por enquanto, o autor do homicídio ainda não foi preso. Outros depoimentos devem ser colhidos nos próximos dias para que o caso seja totalmente esclarecido.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com