Homens são os principais doadores de órgãos no Piauí

Neste ano já foram realizados 19 transplantes de rim no estado

O índice de doação de órgãos vem aumentando progressivamente no Piauí, é o que mostra os dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). Em comparação a 2016, a Central de Transplantes do Piauí registrou um crescimento de mais de 100% no número de doadores em 2017.

De janeiro a junho deste ano já foram realizados 19 transplantes de rim e 84 de córneas no estado. Para a coordenadora da Central de Transplantes do Piauí, Lourdes Veras, esse crescimento é animador, mas ainda é importante a participação das famílias piauienses no processo de doação.

“Nós temos ainda uma necessidade de melhorar e ampliar a comunicação e o nível de conscientização da população do nosso estado, sobre a importância do ato da doação de órgãos e tecidos”, lembra.

Neste ano já foram realizados 19 transplantes de rim no estado (Crédito: Reprodução)
Neste ano já foram realizados 19 transplantes de rim no estado (Crédito: Reprodução)

A maioria dos doadores está na faixa etária de 35 a 49 anos, e são do sexo masculino. Este ano, nove homens foram doadores de órgãos e seis mulheres. A maioria foi vítima de Traumatismo Craniano Encefálico(TCE) e Acidente Vascular Cerebral(AVC). 

A taxa de doações do primeiro semestre foi de 2017, sendo de 4,4% para cada milhão de habitantes no Piauí. Comparado com o mesmo período de 2016, o crescimento foi de 111,3%.  No Brasil o aumento foi de 11,8%%, passando de 14,6 para 16,2 para cada milhão de habitante. 

“O transplante de órgão é único procedimento médico que só poderá ser realizado, com a participação de um doador, familiar ou não”, ressalta Lourdes Veras.

A lista de espera por um doador no Piauí conta com 713 pacientes, destes 322 esperam por um rim, sendo 75 (ativos) e 247 (inativos), ou seja, pacientes que aguardam algum exame para serem ativados no Sistema nacional de Transplantes, e 391 aguardam doações de córneas. Desse total, 22 são crianças, onde 17 esperam por um córnea e 5 por um transplante de rim.

Setembro Verde

Para incentivar a doação de órgãos, a Central de Transplantes do Piauí lança mais uma edição do Setembro Verde, que pretende conscientizar as pessoas sobre a importância da doação e, ao mesmo tempo, fazer com que haja uma conversa entre familiares e amigos sobre o assunto.

“Durante a campanha temos a oportunidade de agradecer as famílias doadoras do Piauí, por se solidarizar, mesmo num momento de dor, com outras famílias, que sofrem aguardando por um órgão nas nossas listas de espera e reacender a esperança em outros lares”, enfatiza a coordenadora Estadual de Transplantes, Lourdes Veras.

A iniciativa é em alusão ao Dia Nacional de Doação de Órgãos, comemorado em 27 de setembro. Como parte da campanha, será realizada de 25 a 30 de setembro a Semana Nacional de Incentivo a Doação de Órgãos e Tecidos, no Piauí.

Entre as atividades, visita à Rede Hospitalar de Teresina, missa de Ação de Graça aos familiares de doadores e receptores, um ato no Instituto Médico Legal (IML), além de um passeio ciclístico e uma atividade no Parque da Cidadania.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com