Integração é ampliada em outros cinco bairros da zona Sudeste

Até o final do mês 100% da região vai ter acesso à integração.

Os moradores do Conjunto São Paulo, Parque Poty, Manuel Evangelista e Renascença I e III, na zona Sudeste de Teresina estão sendo beneficiados com o Sistema de Interação Urbano de Teresina. No sábado (21) a ampliação chegará aos bairros Todos os Santos, Jardim Europa, Deus Quer e Gurupi.  Até o final do mês 100% da região vai ter acesso à integração, nos finais de semana.

De acordo com a Gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, a ampliação visa principalmente oferecer um melhor serviço para os usuários dos ônibus. “ É preciso que fique claro que teremos ônibus saindo dos bairros com destino aos dois terminais, por isso é importante o usuário defina antes de sair de casa a rota que pretende seguir para o deslocamento,  se irá pelas avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurgueia deverá pegar o coletivo que vai para o Terminal do Itararé, caso queira ir para  a Avenida João XXII, São Cristóvão Shopping ou Ponte Wall Ferraz deve pegar o ônibus que vai para o Terminal do Livramento”, explicou.

A gerente enfatiza inda que a principal vantagem da integração nos terminais é redução do tempo de espera no bairro. “As linhas que vão para o Terminal do Livramento e do Itararé terão carros com intervalo de 18 minutos, é uma forma do usuário se programar melhor e uma maior quantidade de linhas para o centro da cidade”, explicou.

Além disso, ao chegar aos terminais os usuários terão uma maior quantidade de ônibus para se deslocarem para o centro da cidade. “Serão beneficiados todos os moradores, mas aqueles que vivem nos bairros menos populosos terão um maior número de opções para se deslocarem para o centro da cidade. Todos os bairros terão as mesmas opções, com isso ficará mais fácil chegar ao centro, serão mais ônibus com uma frequência maior”, acrescentou.

A gerente reforça que a operação de integração está sendo realizada nos finais de semana para que as pessoas se acostumem com as mudanças. “A nossa ideia é fazer com o usuários entendam se acostumem com o sistema, somente após essa fase iremos oferecer o serviço durante a semana”, complementou.

A dona de casa Maria dos Santos Soares diz que ainda está tentando entender o funcionamento do novo sistema, mas espera que com isso melhore o serviço. “A mudança é grande, mas esperamos que tudo fique melhor para todos nós. Acho que se a gente se programar tudo vai dar certo”, finalizou.

Fonte: Assessoria