Integrante de grupo de pagode é executado com nove tiros no Rio

Um carro parou e homem fez nove disparos contra o pagodeiro

Um integrante do grupo de pagode Swing e Simpatia foi morto a tiros na Rua Paulo, no bairro Vila Emil, em Mesquita, na Baixada Fluminense, por volta das 22h30 desta sexta-feira (26). Gu, como era conhecido José Nicolau, estava em frente a uma choperia de sua propriedade quando um carro com um homem passou e disparou pelo menos nove tiros na direção dele, segundo informações iniciais da assessora do grupo, Elaine Ximenes.

Policiais do 20º BPM (Mesquita) foram acionados e preservaram o local até a chegada dos agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, que realizaram uma perícia. Logo depois, o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu.

Ainda segundo Elaine, nesta sexta-feira seria comemorado o aniversário do vocalista, Luciano Becker. O grupo tem 22 anos de estrada e Gu, o percussionista, era integrante desde a formação inicial.

Em uma rede social, a banda postou mensagem de pesar e disse estar despedaçada. “Esta é uma perda muito significativa para todos nós. Gu, além de um profissional competente, era um excelente amigo e parceiro, que deixará muita saudade e enorme vazio em nossos corações”, afirmou a nota.

Image title

Image title

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense instaurou inquérito policial para apurar os fatos e ressaltou que os agentes estão em busca de possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região que possam ajudar na identificação dos autores do crime.

Fonte: Com informações da UOL