Após 1ª gravidez como mulher, homem trans engravida de novo

Ele parou de tomar testosterona para poder engravidar do namorado

Após quatro anos do início de sua transição, Kaci Sullivan, dos Estados Unidos, está “grávido” pela segunda vez.  Agora, com quatro meses de gravidez, Kaci diz que viver isso como um homem trans é uma experiência muito mais feliz do que foi da primeira vez como mulher. "Quando eu estava esperando o meu primeiro filho, eu ainda estava negando ser um transgênero ", explica ele ao "Daily Mail".


“Eu esperava que minha gravidez fosse ajudar a me conectar com a feminilidade e que, de alguma forma, o terrível desconforto que eu senti com meu corpo toda a minha vida pudesse ser aliviad, mas isso não aconteceu”, detalha o  homem trans . Ao invés disso, ele sentiu que a experiência serviu como uma afirmação do que ele não era e nunca poderia ser. “Dar a luz a Grayson me forçou a enfrentar meus verdadeiros sentimentos sobre meu gênero ”, afirma Kaci.


Agora, ele passa novamente pela experiência de gerar uma criança, só que não tem mais os conflitos com o corpo feminino. Já é um homen transgênero. "Agora, meu corpo está muito alinhado com a forma como me vejo e minha gravidez é muito melhor. Adoro ver meu bebê crescer dentro de mim”.

Kaci admite que, como qualquer pessoa esperando um filho, ele se preocupa com o seu corpo mudando e a entrega em si - mas insiste que ele é muito grato por poder carregar seu filho e mal pode esperar a chegada de mais um membro da família.

Transição de gênero

Com 19 anos e ainda vivendo como uma mulher, Kaci conheceu seu futuro marido e engravidou em julho de 2011. Depois de dar à luz seu filho Grayson, Kaci percebeu que a única maneira de criar bem seu filho seria parando de reprimir seus sentimentos.

Pouco depois, ele se assumiu transgênero e terminou com marido, com quem ainda mantém uma relação de coparentalidade. E em maio de 2013, Kaci começou a tomar hormônios masculinos e passou por uma mastectomia dupla. A ideia era começar logo a transição pois queria minimizar qualquer impacto que essa decisão pudesse ter no futuro em seu filho. Foi então ele passou de mãe para pai e se assumiu como homem. "Olhei para o meu bebê e percebi que eu devia ser um pai capaz e feliz para ele”, explica ao jornal britânico. 

Como homem, Kaci conheceu Steven e está desde 2014 está em um relacionamento com o parceiro. O casal percebeu que queria aumentar a sua família e decidiu começar a tentar gerar um filho juntos. 

Kaci parou de tomar testorena e conseguiu engravidar mais uma vez, agora como um homem trans. Ele descobriu a gestação em fevereiro e que está ansioso pela chegada do segundo filho. 



Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com