Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Argentina investiga sinais de submarino a 477m de profundidade

Submarino está perdido no mar há duas semanas

Argentina investiga sinais de submarino a 477m de profundidade
Barco argentino Comandante Espora, na base naval de Mar del Plata, na Argentina, é utilizado na busca por submarino desaparecido, em imagem de 18 de novembro | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

A Marinha da Argentina se prepara para investigar, neste sábado (2), um sinal a 477 metros de profundidade, com a esperança de encontrar o submarino "ARA San Juan", desaparecido há mais de duas semanas com 44 tripulantes, informou um porta-voz da Marinha.

"Um dos contatos (...) se encontra a aproximadamente 477 metros de profundidade. Agora está sendo realizada a calibração do equipamento na água, para durante o dia atingir essa profundidade e visualizar" a zona, indicou o porta-voz Enrique Balbi neste sábado.

As autoridades chamam de "contatos" sinais detectados por sonar que podem indicar onde está o submarino.

Barco argentino Comandante Espora, na base naval de Mar del Plata, na Argentina, é utilizado na busca por submarino desaparecido, em imagem de 18 de novembro (Crédito: AP)
Barco argentino Comandante Espora, na base naval de Mar del Plata, na Argentina, é utilizado na busca por submarino desaparecido, em imagem de 18 de novembro (Crédito: AP)

Estão sendo inspecionados, ainda, outros três "contatos", como são chamado os sinais ou indícios que devem investigar para tentar encontrar o submarino "ARA San Juan", 

Na quinta-feira, as autoridades argentinas informaram que haviam passado da fase de "resgate" dos tripulantes à de "busca" do submarino.

"O ambiente extremo, o tempo transcorrido e a falta de qualquer evidência impedem sustentar um cenário compatível com a vida humana", afirmou o porta-voz da Armada.

"Continuaremos (a busca) até esgotar todos os meios disponíveis", acrescentou.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto