Caçador morre após ser esmagado por elefante baleado na África

O profissional oferecia safáris de caça desde 1989.

Um caçador profissional morreu após ser esmagado por um elefante durante safári em Gwai, no Zimbábue. O sul-africano Theunis Botha, de 51 anos, estava caçando com um grupo, na tarde desta sexta-feira, quando avistou uma manada destes animais.

De acordo com jornais estrangeiros, como o "Mirror" e o "Daily Mail", a equipe começou a atirar, assustando os elefantes, que se puseram a correr.

Um deles, uma fêmea, teria levantado o caçador pela tromba e, após ser baleada por outro, caiu em cima de Botha, esmagando-o fatalmente.

O profissional oferecia safáris de caça desde 1989 e se apresentava como especialista em capturar leopardos na África.


Fonte: Com informações do Extra