Dezenas de voos são cancelados em Bali após vulcão expelir fumaça

Pelo menos 2 mil passageiros foram afetados.

Dezenas de voos foram cancelados em Bali, ilha turística da Indonésia, em razão do vulcão Agung, que entrou em atividade e está soltando fumaça, informaram as autoridades neste domingo (26). Pelo menos 2 mil passageiros foram afetados, incluindo muitos turistas australianos.

Neste domingo, a fumaça chegava a até 4 mil metros acima do cume do vulcão. Os 28 voos que chegavam e saíam do Aeroporto Internacional de Denpasar foram cancelados, indicou o porta-voz do aeroporto, Arie Ahsanurrohim. No entanto, o aeroporto permanece aberto e cabe às empresas decidir se desejam cancelar ou desviar seus voos, acrescentou.

"Tentamos tornar o aeroporto o mais confortável possível para os passageiros afetados. No momento, habilitamos salas para que possam abrir suas bagagens e assistir a filmes e relaxar um pouco".

Atividade vulcânica

A última erupção do Monte Agung remonta a 1963. Naquela ocasião, o vulcão expeliu cinzas que chegaram a Jacarta, a cerca de mil quilômetros de distância. As seguidas erupções deixaram quase 1.600 mortos.

Quando o vulcão despertou em setembro, as autoridades decretaram alerta máximo e 140 mil pessoas foram evacuadas da ilha. Um mês depois, a situação se acalmou e muitos moradores voltaram para suas casas.

Mas, na terça-feira, o Monte Agung rugiu novamente, forçando 25 mil pessoas a se refugiarem.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com