Todo o resto do edifício que desabou no dia 24 de junho, na Flórica, e que causou a morte de pelo menos 24 pessoas, foi demolido na última  madrugada em antecipação por conta de uma tempestade tropical. 

A demolição foi feita por meio de "pequenos explosivos estrategicamente colocados",  disse a presidente da Câmara Municipal de Miami-Dade, Daniella Levine.

Todo o resto do edifícil que desmoronou na Flórida foi demitido- Foto: Gerald Herbert/APTodo o resto do edifícil que desmoronou na Flórida foi demitido- Foto: Gerald Herbert/AP

A maioria do edifício de 12 andares, das torres de Champlain do Suldesmoronou no meio da noite de 24 de junho, um dos piores desastres urbanos da história dos Estados Unidos. Moradores de prédios próximos ao edifício, deixaram suas moradias como precausão.

Moradores de prédios próximos ao edifício que desabou deixaram suas moradias- Foto: BBCMoradores de prédios próximos ao edifício que desabou deixaram suas moradias- Foto: BBC

As autoridades receavam que o resto do edifício pudesse ruir descontroladamente, ameaçando a segurança dos socorristas. Esse receio foi agravado pela chegada da tempestade tropical Elsa, esperada na Florida na terça-feira.

A busca das vítimas foi suspensa no sábado (3), em preparação para a demolição, enquanto o número de mortos na catástrofe chega a 24 e o de feridos a 121.