Homem morre após ter ereção prolongada do pênis na Nigéria

Morte por ereção: nigeriano morre após endurecimento prolongado

Um homem 'morreu de ereção' no estado de Delta, na Nigéria. Ele foi encontrado em um hotel depois de ter um encontro sexual com sua nova namorada. Identificado pelo nome Samson, o homem de 30 anos era casado e pai de três filhos.


Conforme publicado pelo britânico Daily Mail, testemunhas reportaram que Samson havia marcado encontro com a mulher depois de três meses de paquera. Ele estava animado e falava livremente a respeito em um bar enquanto consumia duas garrafas de uma bebida alcoólica não identificada. Um dos homens com quem bebia sugeriu que comprasse um estimulante sexual para prolongar sua ereção e impressionar a nova namorada.

Image title

Ainda segundo o Daily Mail, uma fonte anônima afirmou que a morte foi causada pela ereção. “Depois de manter relação por um longo período de tempo, ele não conseguia ejacular e deve ter morrido pelo estresse da ereção constante. Ele foi dominado pelo medicamento e foi a primeira vez que ele usou qualquer droga do tipo.”

Samson foi encontrado sozinho no hotel, o que indica que sua namorada fugiu logo após a tragédia. Apesar de já estar morto no momento em que foi socorrido, o pênis do homem permanecia ereto.

Por enquanto, nem a esposa nem a namorada procuraram a polícia para registrar oficialmente o ocorrido. Além disso, o corpo permanece no necrotério local e nenhum membro de sua família demonstrou interesse em retirar o cadáver para que seja feito o velório.


Fonte: iG