Motoristas usam saias para protestar contra proibição de bermudas

Dias depois a empresa liberou o uso de bermudas.

Em meio à forte onda de calor que atinge a França, um grupo de motoristas de ônibus foi trabalhar de saias na terça-feira (20) em um protesto contra a interdição de utilizar bermudas durante o expediente em Nantes, no Sul do país.

“O que nós pedimos é ter uma roupa adaptada ao forte calor. Em função da temperatura que a gente tem atualmente não nos autorizam a utilizar bermudas. Nós temos quase inveja das mulheres nesse momento, que podem usar saias. É por isso que hoje nós viemos de saia - já que é uma vestimenta autorizada na nossa empresa”, disse um dos motoristas, em tom de provocação, ao jornal “Presse Océan”.

“O que a gente quer é que quando a temperatura atinja 30ºC a empresa nos autorize a todos condutores a utilizar bermudas. É uma reivindicação que a gente faz desde 2013”, afirmou o outro.

O protesto repercutiu na imprensa e o vídeo do jornal “Presse Océan” em que os motoristas reclamavam do calor foi amplamente compartilhado nas redes sociais.

Em sua rede social, a empresa Semitan reagiu com bom humor e postou: “As condições para a utilização de bermuda serão estudadas. Porém, chinelos com meias, não”.

Dois dias depois, na quinta-feira (22), a Semitan recuou e aceitou a demanda dos funcionários. De acordo com o jornal “Presse Océan”, os motoristas poderão utilizar bermudas bege ou pretas- as cores da empresa.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com