Namorada de atirador de Las Vegas chega nos EUA para depoimento

O FBI considera Danley uma "pessoa de interesse".

Na noite desta terça-feira (03/10), a namorada do atirador, Stephen Paddock, chegou aos Estados Unidos vindo de Manila, de acordo com as autoridades Filipinas. A mulher, identificada como Marilou Danley, partiu em um avião da Philippine Airlines rumo a Los Angeles.

Aos 64 anos, Stephen Paddock,  o atirador que segundo a polícia americana matou 59 pessoas e deixou mais de 500 feridas na noite do domingo (1º), em Las Vegas, nos Estados Unidos, possuía um total de 42 armas. As autoridades encontraram 23 delas no quarto do hotel Mandalay Bay, onde ele se hospedou para atirar contra a plateia de um festival de música country.

A investigação agora quer entender como este homem sem nenhum antecedente criminal conseguiu esse vasto arsenal de armas usadas no domingo. O porta-voz do FBI Nick Suarez disse que "Danley viajou para as Filipinas no mês passado e posteriormente recebeu US$ 100 mil dólares transferidos por Stephen para sua conta bancária". Suarez revelou que o FBI considera Danley uma "pessoa de interesse", o que não implica que seja uma suspeita. Ainda assim, ela será interrogada.

Danley é uma cidadã australiana que emigrou para os Estados Unidos há 20 anos para trabalhar em um cassino, segundo o governo australiano.

Namorada de Stephen Paddock, Marilou Danley (Crédito: Reuters)
Namorada de Stephen Paddock, Marilou Danley (Crédito: Reuters)
Atirador Stephen Paddoc
Atirador Stephen Paddoc
Tiroteio em festival nos EUA (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio em festival nos EUA (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio em festival nos EUA (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)
Tiroteio em festival nos EUA (Crédito: David Becker/Getty Images/AFP)



Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com