Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Novo surto de ebola é declarado no Congo

Seis casos da doença foram detectados, que incluem 4 mortes, informou o governo. Local do novo surto é o mesmo onde vírus apareceu em 2018 e matou 33 pessoas.

Compartilhe

Um novo surto de ebola foi declarado, nesta segunda-feira (1º), na República Democrática do Congo (RDC), informou a Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo o governo, 6 casos da doença, que incluem 4 mortes, já foram detectados.

Os novos casos estão ocorrendo em Mbandaka, na província de Équateur, no oeste da RDC. O país, que fica no centro da África, também enfrenta a pandemia de Covid-19 e o maior surto de sarampo do mundo. Outro surto de ebola, anterior, está em fase final no leste do país, segundo a OMS.

FOTO: ISTOCK

"Isso é um lembrete de que a Covid-19 não é a única ameaça de saúde que as pessoas enfrentam", declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. "Apesar de muito da nossa atenção estar na pandemia, a OMS continua a monitorar e responder a muitas outras emergências de saúde".

Mbandaka também teve outro surto de ebola, o nono do país, de maio a julho de 2018, que matou 33 pessoas. Com o anúncio desta segunda-feira, este passa a ser o décimo primeiro surto de ebola na RDC desde que o vírus foi descoberto lá, em 1976.

"Está acontecendo em um momento desafiador, mas a OMS trabalhou nos últimos dois anos com as autoridades de saúde, o CDC da África e outros parceiros para fortalecer a capacidade nacional de responder a surtos", disse a médica Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para a África.

“Para reforçar a liderança local, a OMS planeja enviar uma equipe para apoiar o aumento da resposta. Dada a proximidade deste novo surto a rotas de transporte movimentadas e países vizinhos vulneráveis, devemos agir rapidamente", completou Moeti.

A região onde está ocorrendo o surto é próxima da fronteira com a República do Congo (também conhecida como Congo-Brazzaville, ou, simplesmente, Congo). Segundo a OMS, é esperado que a RDC tenha surtos de ebola, dada a existência do vírus em animais em muitas partes do país.

Entre 2013 e 2016, uma epidemia de ebola no oeste africano (principalmente na Guiné, Libéria e Serra Leoa) matou 11,3 mil pessoas.

Covid-19 e sarampo

Até esta segunda-feira (1º), a República Democrática do Congo tinha 3.048 casos de Covid-19 reportados à OMS, e 71 mortes pela doença.

Ainda segundo dados da organização, desde 2019, 369.520 casos de sarampo e 6.779 mortes pela doença foram registrados na República Democrática do Congo.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar