Placas podem conter 1ª menção escrita de Jesus, diz pesquisador

Placas foram encontradas em uma caverna, em 2019

Um misterioso conjunto de placas de chumbo pode conter a primeira menção escrita de Jesus Cristo, depois que se provou que elas têm mais de 2.000 anos de idade. As placas foram encontradas por um beduíno, em 2008, numa caverna na Jordânia. Elas são feitas de folhas de chumbo mantidas juntas como um fichário.

Muitos especialistas têm rejeitado a descoberta, alegando que seriam falsas, mas o pesquisador e autor de livros David Elkington diz que elas não são apenas reais, mas mostram que Jesus não estava começando uma nova religião, estava restaurando uma tradição milenar, da época do rei David.

Desenhos

Elkington afirmou que as placas podem ser a maior descoberta da história cristã, um registro feito pelos seguidores de Jesus décadas após sua morte. Segundo ele, há fortes evidências de que os objetos são muito antigos, com desenhos que sugerem uma idade aproximada de 2.000 anos.


Conjunto de placas de chumbo pode conter a primeira menção escrita de Jesus Cristo (Crédito: Reprodução)
Conjunto de placas de chumbo pode conter a primeira menção escrita de Jesus Cristo (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com