Presos do Estado Islâmico não podem se mexer em cela

Prisão com 370 pessoas não tem iluminação ou ventilação

Centenas de supostos membros do Estado Islâmico estão presos em celas muito apertadas e precárias no Iraque. Segundo repórteres da Associated Press, há mais de cem pessoas lado a lado no chão de uma única cela pequena, escura e muito quente.

Os detentos não conseguem nem mesmo se mover. Os supostos jhadistas foram presos pelas tropas iraquianas, que retomaram territórios da cidade de Mossul controlados pelo EI após nove meses de uma violenta ofensiva.

Prisioneiros não podem se mexer (Crédito: Reprodução)
Prisioneiros não podem se mexer (Crédito: Reprodução)

Os relatos são de que não há eletricidade ou ventilação na prisão. Enquanto isso, do lado de fora, as temperaturas chegam aos 45 graus. De acordo com autoridades locais, o número de presos já chega a 370, após um grande aumento por conta da recaptura total de Mossul neste mês.

"Os prisioneiros estão contaminados com doenças e problemas de pele, porque não estão expostos ao sol. A maioria não pode andar. As suas pernas estão inchadas porque eles não conseguem se mover", relatou uma autoridade responsável.

Nos últimos três meses, mais de 1.150 pessoas passaram pela prisão em Mossul. Do total, 540 foram a Bagdá para investigações mais extensas.

Muitos estão doentes (Crédito: Reprodução)
Muitos estão doentes (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do O Globo
logomarca do portal meionorte..com