Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Técnica de vôlei é presa por abusar sexualmente de aluna de 15 anos

Willyncia Joy já havia sido denunciada por colega de trabalho

Técnica de vôlei é presa por abusar sexualmente de aluna de 15 anos
acusada | divulgação
Compartilhe
Google Whatsapp

Uma técnica de vôlei foi presa na última sexta-feira (17) por abusar sexualmente de uma de suas alunas. Willyncia Joy Harper, 22 anos, foi acusada por pedofilia quando a mãe da garota de 15 anos foi buscar a filha na casa do pai em dezembro e encontrou as duas sozinhas.


Willyncia trabalhava voluntariamente como assistente de técnica de vôlei em uma escola no Alabama, Estados Unidos, quando uma de suas colegas alertou a administração quanto ao possível caso de  pedofilia acontecendo entre a assistente e a aluna.

Em um primeiro momento, depois de serem pegas no flagra, tanto a professora quanto a estudante negaram qualquer tipo de envolvimento sexual. Entretanto, depois de ser pressionada por sua mãe, a menina de 15 anos mudou seu depoimento e confessou que houve atividade sexual entre as duas.

Relações na casa do pai

Elas supostamente se encontraram várias vezes entre outubro e dezembro na casa do pai da adolescente, onde mantinham relações sexuais. Willyncia nega ter abusado sexualmente da garota e disse aos investigadores que pensava no relacionamento entre elas como se fossem irmãs.

Na quarta-feira passada, dia 15 de fevereiro, as autoridades concluíram que elas realizaram atos sexuais e um mandado de prisão foi emitido sob acusações de ato sexual entre professor e estudante menor de 19 anos e contato sexual entre professor estudante menor de 19 anos, segundo informações do "Daily Mail".

Três dias depois, na sexta-feira, Willyncia foi levada à Prisão do Condado de Jefferson, mas saiu no mesmo dia depois de pagar fiança de US$ 18 mil (correspondente a quase R$ 56 mil) e aguarda julgamento em liberdade.

A escola afirma ter tomado tomas as atitudes necessárias, banindo a ex-professora de sua propriedade e banindo a contratação de funcionários voluntários para evitar que casos de pedofilia como esse se repitam. Além disso, a administração afirma que Willyncia é uma ex-aluna e tinha passado por todas as checagens de procedência antes de começar a trabalhar.

Willyncia Joy Harper, 22 anos

Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto