Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Internado com Covid-19, Álvaro Carneiro toca violão com médico em SP

Já muito conhecido pelas execuções musicais, hoje foi visitado por Kalil, dizendo: “chegou nosso dia de canções”.

Compartilhe

O jornalista piauiense Álvaro Luís Carneiro segue internado em São Paulo (SP) onde recebe alta na manhã dessa sexta-feira (30). Na tarde de hoje ele foi surpreendido pelo médico que o atende, Roberto Kalil Filho, que, durante a visita clínica, entrou no quarto com um saxofone e convidou o paciente a lhe acompanhar ao violão em duas canções: Michelle, de Lennon&McCartney e A Paz, de Gilberto Gil. 

Álvaro, que teve complicações extremamente graves causadas pela Covid19, foi internado em UTI de hospital em Teresina no final de setembro mas teve o quadro severamente agravado nos primeiros dias de outubro por lesões nos rins, corações e pulmões e, com quadro ascendente de instabilidade e em coma, foi removido para São Paulo. 

Ao sair da UTI do hospital paulistano há oito dias, depois de um mês mantido por tubos de ventilação mecânica e sem consciência, recebeu visita de sua esposa - a também jornalista Renée Marie, que foi acompanhá-lo no estágio de convalescença e reabilitação. Ele passou os dias anteriores recebendo os cuidados de duas sobrinhas (Ana Clara e Elis Mariana). O vídeo de Renée Marie chegando ao quarto emocionada e tocando a canção Como É Grande o meu Amor por Você, de Roberto Carlos & Erasmo Carlos, viralizou nas redes sociais de Teresina. O instrumento fora levado por ela para que Álvaro Carneiro melhorasse a coordenação motora também gravemente afetada pelo novo coronavírus. 

Em posse do violão, Álvaro começou a retribuir as visitas dos profissionais de saúde ao seu quarto lhes oferecendo canções acompanhadas ao instrumento. Isso fez da acomodação dele um lugar bastante comentado nas redes internas do próprio hospital que divulgava as dezenas de vídeos gravados por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fonoaudiólogos.



Já muito conhecido pelas execuções musicais, hoje foi visitado por Kalil, dizendo: “chegou nosso dia de canções”. Ali mesmo no apartamento do hospital, fizeram um improviso bastante festejado pelos assistentes do cardiologista que, além de trabalhar na direção do Hospital Instituto do Coração, fundou o Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, onde criou a residência médica em cardiologia. O momento ficou marcado na rotina do hospital e alguns profissionais da área de reabilitação admitiram que a estratégia do instrumento usada por Álvaro Carneiro é muito interessante para musicoterapia voltada a pacientes em reabilitação no tratamento pós-Covid.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar