Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Jair Bolsonaro recebe alta de hospital em SP e segue para Brasília

Presidente estava internado no hospital desde sábado (7) para uma cirurgia de correção de uma hérnia

Compartilhe
Google Whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Brasília na tarde desta segunda-feira (16), oito dias depois de passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia. O procedimento foi realizado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde o presidente ficou internado. 

Ao chegar ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou brevemente com os jornalistas e afirmou que reassume a Presidência já nesta terça-feira (17). Mais cedo, o Planalto chegou a informar que o vice-presidente Hamilton Mourão permaneceria à frente do governo de forma interina até quarta (18). 

O texto foi aprovado pela Câmara em 21 de agosto, e o prazo para sanção termina nesta terça. Se o presidente não emitir parecer, o projeto é promulgado na íntegra – é a chamada “sanção tácita”. Bolsonaro disse não saber se vetará algum trecho da proposta. 

  “Não vi o projeto ainda (...) Não vou tolher ninguém de bem a ter seu porte ou posse de arma no campo”, declarou. 

 “Não vi o projeto ainda (...) Não vou tolher ninguém de bem a ter seu porte ou posse de arma no campo”, declarou. 

 O texto estabelece a chamada “posse rural estendida”, ou seja, permite que a posse de arma se estenda por toda a propriedade rural. Pela regra atual do Estatuto do Desarmamento, a arma só pode ser mantida na sede da propriedade. 

  Esse tema já tinha sido alvo de um decreto presidencial, em 25 de junho, junto com outras mudanças nas regras de registro e posse de armas e munição. 


ALTA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve alta na tarde desta segunda-feira (16), e deixou o Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo, pouco antes das 15h. Ele retorna a Brasília ainda nesta segunda, onde seguirá se recuperando.

Bolsonaro estava internado no hospital desde sábado (7) para uma cirurgia de correção de uma hérnia (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores.

O vice-presidente Hamilton Mourão permanecerá como presidente em exercício até quarta-feira (18), segundo o Palácio do Planalto.

A primeira previsão era que o presidente retomasse o cargo na sexta-feira passada. Depois, isso foi adiado para terça –na manhã desta segunda, inclusive, Mourão havia dito que ficaria no cargo apenas até esta segunda.

A viagem do presidente para Nova York, onde ocorrerá assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), foi adiada em um dia: em vez de ocorrer em 22, será no dia 23.

Reprodução/TV Globo 

Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a mudança na data da viagem não altera a participação de Bolsonaro no evento.

Neste domingo (15), Bolsonaro recebeu a vista do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

O ministro entrou no hospital na Vila Nova Conceição, Zona Sul de São Paulo, sem ser visto e não falou com a imprensa. Acompanhado da sua mulher, Rosângela Moro, visitou o presidente por cerca de 20 minutos e, depois, postou em seu Twitter uma foto ao lado de Bolsonaro e a primeira-dama, Michele Bolsonaro. "Visita ao sr. Presidente e à Sera. Primeira-dama. Conversa agradável. Presidente recupera-se muito bem. O homem é forte", diz o post. Pouco depois, Bolsonaro postou a mesma foto em sua conta no Twitter, mas sem nenhuma legenda.

Nos últimos meses, a relação entre Moro e Bolsonaro passou por altos e baixos. No final de agosto, contrariando o que dizia nas eleições do ano passado sobre Moro ter carta branca para conduzir ações do Ministério, Bolsonaro disse, mais de uma vez, que ele é o presidente e que pode vetar "qualquer coisa" que o ministro fizer.

Quarta cirurgia

Esta foi a quarta operação desde a facada sofrida por Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018. Desta vez, o objetivo era corrigir uma hérnia (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores.

A alta vai ocorrer após sessão de fisioterapia no hospital. “A alta aconteceu em função da melhora dos exames, do trânsito intestinal, da melhora como um todo”, disse no fim da manhã o médico Antônio Luiz Macedo. Segundo o cirurgião, no domingo o presidente caminhou 3 km pelo hospital.

Durante o período de recuperação, o presidente deverá "seguir as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física", segundo o boletim médico. “A gente prefere que ele fique em repouso em casa e que não faça esforço físico nem esforço de falar demais”, disse Macedo.

Alimentação

A dieta pela veia foi suspensa no sábado (14). Agora, o presidente segue com alimentação cremosa. Segundo o médico, isso ocorre porque "ainda tem um pouco de gás no intestino delgado". "A dieta cremosa tem calorias suficientes para sustentar. Cerca de duas mil calorias por dia”, disse.

A próxima etapa será a ingestão de alimentos pastosos. “Ele veio com melhora progressiva, foi aceitando a alimentação oral, foi uma evolução que se esperava e os cuidados devem se manter“, disse o porta-voz Barros.

Nesta sexta (20), a equipe médica do Hospital Vila Nova Star irá a outro centro médico da rede D'Or em Brasília para avaliar a recuperação do presidente. "Ele fará exame de sangue e imagem. Se estiver como eu gosto o abdômen, aí eu libero a dieta normal para ele na sexta”, disse o médico Macedo.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×