Jovem tem morte cerebral após ser atropelada pelo ex-namorado

Suspeito continua foragido

Uma socorrista de 26 anos teve morte cerebral constatada pelos médicos após ser atropelada pelo ex-namorado e ficar gravemente ferida, em Jacupiranga, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. O crime ocorreu na sexta-feira (12) e a polícia tenta localizar o suspeito.

Jéssica Trianoski foi ferida quando estava a caminho do trabalho. O atual namorado e o sogro dela flagraram a ação. Os três foram surpreendidos por um carro em alta velocidade e que a atingiu. As testemunhas conseguiram ver quem era o motorista, antes dele fugir.

O condutor foi identificado como Marcos Magno da Cunha Moraes, que manteve um relacionamento com Jéssica por 2 anos. Há seis meses, entretanto, eles estavam separados. Familiares disseram à polícia que ele a ameaçava, justamente por ter encerrado o namoro.

A vítima foi socorrida ao hospital local e permanece internada. Nesta segunda-feira (15), os médicos que a acompanham constataram que ela teve morte cerebral. O caso está registrado no 1º Distrito Policial de Jucupiranga, onde tudo aconteceu, e é investigado desde então.

Desde o ocorrido, Marcos está foragido. O carro dele foi localizado abandonado nas proximidades da cidade após o atropelamento. A polícia pede que quem tiver qualquer informação sobre o suspeito entre em contato com o Disque Denúncia, pelo 181.

Image title

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com