Juíza morre ao ser atingida por concreto quando passava sob viaduto

A magistrada teve o crânio atingido no acidente.

A juíza Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, morreu nesta segunda-feira (20) no Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo. A magistrada teve o crânio atingido quando passava sob um viaduto na Avenida do Estado, no Centro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um caminhão bateu contra o viaduto, causando a queda de pedaços de concreto que acertaram o carro onde estava a juíza. Outra pessoa que estava no veículo saiu sem ferimentos.

A juíza foi internada em estado grave no Hospital das Clínicas, mas não resistiu. Ela trabalhava no Fórum de Jundiaí, no interior de São Paulo.

O acidente aconteceu na pista sentido Santana, na altura da Avenida Mercúrio. Por volta das 23h de domingo (19).

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com