Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Justiça Americana inocenta piloto brasileiro Helio Castroneves

Ele foi inocentado das acusações de sonegação de impostos, evasão de divisas e quadrilha

Justiça Americana inocenta piloto brasileiro Helio Castroneves
d | Divulgação
Compartilhe

O piloto brasileiro Hélio Castroneves foi inocentado pela Justiça Federal Americana das acusações de sonegação de impostos, evasão de divisas e formação de quadrilha. Além de Hélio, sua irmã, Katiúcia, que é sua empresária, e o advogado Allan Miller, também foram considerados inocentes. Ao ouvirem a sentença, Hélio e Katiúcia abraçaram-se e comemoraram de forma eufórica. Durante a leitura do veredicto, o brasileiro juntou as mãos e rezou, com os olhos fechados. Se fosse condenado, o piloto poderia pegar até 35 anos de cadeia.

Após seis semanas de julgamento e seis dias de deliberação na Corte Federal, os 12 membros do júri consideraram não haver provas definitivas de que os três houvessem sonegado impostos e nem evadido divisas para contas no Panamá da empresa Seven Promotions, que é de propriedade do pai do piloto. A acusação de formação de quadrilha contra o piloto, sua irmã e o advogado foi anulada pelo juiz Donald Graham por falta de provas.

- Gostaria de agradecer a Deus, aos meus fãs e a todos que rezaram por mim. Este é um lugar muito difícil de se estar - disse Helio Castroneves ao deixar a sala de julgamento, com um rosário nas mãos. O piloto informou que pretende viajar para Los Angeles ainda esta noite.

Castroneves era acusado de sonegar impostos relativos a US$ 5,5 milhões (cerca de R$ 11 milhões) da equipe Penske, e mais cerca de US$ 2,3 milhões (o equivalente a R$ 5 milhões) de patrocínios da empresa brasileira Coimex. Segundo as investigações, havia suspeitas de que o piloto teria depositado os valores vindos da Penske em contas no Panamá, e depois transferido o dinheiro para outras contas, em bancos holandeses, ao invés de declarar os valores ao fisco americano. Já os patrocínios teriam ido diretamente para contas na Suíça, também evitando o pagamento de impostos nos EUA, país de residência do brasileiro há mais de uma década.

Os advogados de Hélio Castroneves asseguraram que o seu cliente regularizará o pagamento dos impostos questionados pela Justiça dos EUA em maio, quando começará a receber os valores depositados nas contas dos bancos da Holanda.

Com a vitória nos tribunais, Hélio Castroneves está livre para embarcar para a Califórnia e disputar neste fim de semana o GP de Long Beach pela Penske, sua equipe na Fórmula Indy.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar