Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Justiça condena 14 terroristas que atacaram o Charlie Hebdo

Entre os condenados está a ex-parceira de um dos três terroristas que foram mortos pela polícia na época dos ataques, em janeiro de 2015

Justiça condena 14 terroristas que atacaram o Charlie Hebdo
Policiais em vigilância no tribunal de Paris para a audiência de abertura do julgamento de 14 supostos cúmplices do ataque ao ‘Charlie Hebdo’ | Alain Jocard / AFP Photo
Compartilhe

A Justiça da França condenou, nesta quarta-feira (16), 14 pessoas acusadas por serem cúmplices dos ataques à redação da revista satírica "Charlie Hebdo" e a um mercado em Paris, em janeiro de 2015.

Dentro do prédio onde funcionava a redação, foram assassinadas 11 pessoas: cinco cartunistas, uma psicanalista, um economista, um policial, um corretor, um agente de limpeza e um homem que visitava o edifício.

Na rua, os terroristas ainda mataram um policial. Informações do site G1

Policiais em vigilância no tribunal de Paris para a audiência de abertura do julgamento de 14 supostos cúmplices do ataque ao ‘Charlie Hebdo’

Os três homens que efetivamente cometeram os assassinatos foram Amedy Coulibaly e os irmãos Said e Cherif Kouachi. Os três foram mortos pela polícia.

Cúmplices julgados

A Justiça determinou que eles tiveram auxílio de 14 pessoas. Entre elas, consta Hayat Boumeddiene, uma ex-parceira de Amedy Coulibaly.

Ele matou uma policial e, em seguida, quatro pessoas que estavam em um supermercado de produtos para o público judeu em Paris.

Coulibaly, a parceira, foi condenada a 30 anos de prisão por pertencer a uma rede de terroristas e financiá-la.

Ela e dois outros foram julgados sem estarem presentes. Acredita-se que ela esteja na Síria, onde teria se juntado ao Estado Islâmico. No julgamento, ela foi chamada de "princesa do Estado Islâmico".

A Justiça desistiu de algumas das acusações de ligação com o terrorismo de seis dos acusados e os condenou por crimes menores.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar