Mãe pediu para filha de 5 anos buscar socorro antes de morrer

Criança saiu do carro por orientação da mãe e andou 1 km

Antes de morrer em um acidente na cidade de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, Madilene Godoi, 34 anos, orientou a filha de 5 anos a sair do carro e buscar ajuda, de acordo com informações da família das vítimas.

A criança andou sozinha por cerca de 1 km até encontrar o funcionário de uma fazenda vizinha. Quando o homem chegou ao local do acidente, Madilene já tinha morrido ao lado do marido, Reinaldo dos Santos, 52 anos.

Carro da família saiu da pista, capotou e bateu em árvore (Crédito: Reprodução)
Carro da família saiu da pista, capotou e bateu em árvore (Crédito: Reprodução)

Talya Ramires, prima da família, disse em entrevista à uma TV local que a menina saiu pela janela do carro. Segundo Talya, a criança está assustada e ainda não sabe da morte da mãe.

"Ela contou que quando aconteceu isso [acidente] a mãe pediu para ela buscar socorro na fazenda, pedir ajuda. Tinha quebrado um pouquinho do vidro, mas como ela não cabia, ela quebrou mais um pouco para sair do carro", explicou.

Depois de andar alguns metros, ela encontrou um homem trabalhando na estrada e pediu ajuda. "Ela falou 'minha mãe está viva ainda, mas meu pai faleceu" e o rapaz foi até onde aconteceu o acidente e meu tio, que trabalha em uma fazenda perto, também foi avisado e foi até lá com o patrão dele", relatou.

Capotamento

O acidente aconteceu no fim da tarde de sexta-feira (13). De acordo com testemunhas, o casal estava deslocando de uma fazenda a outra quando condutor do veículo perdeu o controle da direção. Em seguida, o carro saiu da pista, capotou e bateu de lado em uma árvore.

Os pais morreram no local do acidente, ainda dentro do carro. A perícia da Polícia Civil esteve no local e constatou que a parte da frente do capô do carro foi afundada na colisão enquanto que a parte de trás, onde estava a criança, ficou mais preservada.

A criança não teve ferimentos, mas mesmo assim foi socorrida até o hospital municipal, onde ficou em observação e teve alta neste sábado (14), acompanhada por uma tia, segundo o hospital.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com