Marca causa revolta na web com camiseta machista: 'mulher burra'

Diante da repercussão, a marca retirou o produto do portal.

Um site de compras on-line recebeu uma série de críticas nas redes sociais após colocar à venda uma camiseta, que cita, entre outras coisas, "mulher burra" como exemplo de pleonasmo. Diante da repercussão, a marca retirou o produto do portal.

No entanto, vários consumidores salvaram imagens da peça e cobraram uma retratação da marca. De acordo com os comentários, a roupa reproduz uma afirmação machista e que reforça os estereótipos de gênero na sociedade.

"Queria entender... como em pleno século 21 vcs vendem uma camiseta escrito que "mulher burra" é pleonasmo?", escreveu uma internauta. "Mulher burra", acho que não hein, burro foi quem fez essa camisa machista, onde a maioria dos clientes são mulheres! Vocês que são burros, um tiro no pé!", diz outro comentário.


A marca enviou uma nota de esclarecimento sobre o caso. Veja abaixo:

"A Dafiti lamenta o ocorrido e esclarece que não compartilha a mensagem expressa no produto em questão e repudia qualquer tipo de manifestação de preconceito e discriminação.

Somos uma empresa comprometida em oferecer a melhor experiência de compra online, por meio de marcas e serviços que promovam o acesso a moda a todos os consumidores. Acima de tudo, apoiamos a igualdade de gênero e a diversidade.

Acrescentamos ainda que o produto foi disponibilizado para venda por um de nossos parceiros de marketplace. Tão logo tomamos conhecimento, descredenciamos a marca e seus produtos. Pedimos desculpas a todas nossas clientes."

Depois da polêmica, a marca também se pronunciou por meio de sua página no Facebook.

Fonte: Com informações do Catraca Livre