Médicos da Evangelina Rosa esquecem 'tampão' na barriga de mulher

Marido da vítima denunciou o caso em uma rede social

Nesta segunda-feira (20), o jogador de futebol Veloso Costa Lima denunciou que a equipe médica da Maternidade Dona Evangelina Rosa esqueceu um "tampão" (um tecido utilizado para estancar sangramentos pós-parto) dentro do corpo de sua esposa após uma cesariana realizada na maternidade. 

De acordo com a denuncia, publicada em uma rede social, após o décimo quinto dia da cirurgia sua esposa começou a sentir dores no útero e a apresentar sangramentos e febre. O casal então resolveu procurar ajuda no Hospital do Buenos Aires onde foi constatado que havia um corpo estranho na barriga da mulher. 

"Meu filho veio ao mundo dia 28-01-2017 depois de uma cirurgia cesariana realizada na maternidade Dona Evangelina Rosa. Hoje está no vigésimo terceiro dia. Mas depois do décimo quinto dia minha mulher começou a passar mal. Dores no útero, sangramento não parava e febre. Resolvemos ir na maternidade do Buenos Aires na zona norte de Teresina. Lá ela se consultou com o ginecologista e olhem o que a doutora descobriu. Deixaram dentro dela um tampão do tamanho de uma fralda de pano. Muita irresponsabilidade, incompetência e negligência médica”, disse Veloso Costa na postagem.

Por meio de nota enviada ao Jornal Agora, a direção da Maternidade Evangelina Rosa, o Núcleo de Segurança do Paciente será acionado para discutir o caso com a equipe médica que participou do procedimento. A nota ressalta ainda que a instituição trabalha com transparência e que somente ao final da avaliação informará o que de fato ocorreu.


Postagem do marido da paciente (Crédito: Reprodução)
Postagem do marido da paciente (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com