Médicos fazem nova paralisação na próxima terça-feira (17)

Serão atendidos somente os casos de urgência e emergência

Em assembleia realizada na noite desta terça-feira (10), os médicos da rede estadual farão uma nova paralisação de advertência na proxima terça (17).

Na última sexta-feira (6) os médicos já haviam realizado uma paralisação nos atendimentos dos hospitais onde somente os casos de urgência e emergência receberam atendimento.

A nova paralisação da categoria é, principalmente, pela forma como foi implantado ponto eletrônico pelo governo. 

Os médicos reclamam que não ficam com nenhum comprovante quando se referem aos pontos eletrônicos. Eles alegam que sem um papel que comprove que existe o banco de horas fica díficil, pois, segundo o presidente do Simepi, Samuel Rego, a informática "nem sempre tem uma segurança". Os médicos querem algum comprovante em papel no ponto eletrônico.

A categoria reivindica também melhorias salariais, realização de concurso público, melhores condições de trabalho, progressão automática, humanização da rgulação do SUS.

Na paralisação do dia 17, os médicos ficarão concentrados em frente à Maternidade Dona Evangelina Rosa a partir das 7h.

Os hospitais do estado receberão atendimentos somente de casos de urgência e emergência.

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com