Ministério da Saúde suspende repasse para 49 cidades do Piauí

Os repasses são para ações de vigilância sanitária

No Piauí, 49 municípios ficarão sem o repasse de recursos feito pelo Ministério da Saúde, para ações de vigilância sanitária. O órgão assinou a portaria nª 2.883 suspendendo o repasse no dia 27 de outubro de 2017.

O estado do Piauí é o quinto em número de irregularidades no no cadastro dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e quanto à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).

Dos estados com prefeituras irregulares está em 1º lugar Minas Gerais com 191 municípios, Rio Grande do Sul com 71, Paraná com 59 e São Paulo com 57. Do nordeste, o Piauí é o que tem maior número de prefeituras irregulares.

De acordo com a portaria os recursos suspensão são rerferente a parcelas de setembro, outubro novembro e dezembro deste ano. O monitoramento foi realizado em 18 de agosto de 2017

A portaria suspende a transferência dos recursos financeiros nas parcelas 09/2017, 10/2017, 11/2017 e 12/2017. O monitoramento foi realizado em 18 de agosto de 2017.

Veja portaria


Municípios do Piauí com repasse suspenso




Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com