Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bolsonaro sobre prisão de Temer:"cada um que responda pelos seus atos"

O ex-presidente Michel Temes foi preso nesta quinta-feira (21) em SP

Compartilhe
Google Whatsapp

Atualizada às 17h59

Bolsonaro comenta prisão de Michel Temer: "cada um que responda pelos seus atos"

Ao desembarcar em Santiago, no Chile, o presidente Jair Bolsonaro comentou a prisão do ex-presidente Michel Temer. Bolsonaro disse que cada um deve responder pelos seus atos.

"A Justiça nasceu para todos e cada um que responda pelos seus atos", declarou.

Bretas: "Michel Temer é chefe de organização criminosa há 40 anos"

O ex-presidente Michel Temer é chefe de uma organização criminosa que atua há 40 anos no Rio de Janeiro, segundo investigação. "Michel Temer é o líder da organização criminosa a que me referi, e o principal responsável pelos atos de corrupção aqui descritos", afirmou o juiz Marcelo Bretas na sentença. 

 A prisão de Temer é preventiva e teve como base a delação de José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3. A investigação é um desdobramento das operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade. 

 Reprodução/TV Globo 

 De acordo com a investigação, que apura os crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro, pagamentos ilícitos foram feitos por determinação de José Antunes Sobrinho para o grupo criminoso liderado por Michel Temer, assim como possíveis desvios de recursos da Eletronuclear para empresas indicadas pelo grupo. 

Minutos antes de ser preso, o ex-presidente Michel Temer ligou para um assessor de sua confiança e perguntou se ele sabia o motivo de ter “tantos jornalistas na porta da minha casa”. O emedebista foi informado, então, de que havia um “boato na imprensa” de que um mandado de prisão contra ele havia sido expedido.

Temer classificou o rumor como “uma brutalidade”. Logo em seguida, a ligação foi interrompida e o ex-presidente não voltou mais ao telefone, informa Daniela Lima. 

Temer ressaltou que estava no Brasil e à disposição da Justiça dizendo não entender o motivo pelo qual poderiam ter solicitado seu encarceramento. Como mostrou o Painel, aliados do ex-presidente temiam sua prisão por entender que ela era visto como “um troféu” na narrativa de combate à corrupção.

Temer foi preso na manhã desta quinta-feira (21) por ordem do juiz federal Marcelo Bretas, do Rio.

Crédito: Pedro Ladeira/FolhaPress


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×