Moradores relatam pânico após fogos atingirem multidão: "Terror"

O acidente ocorreu na Praça Dudu Samba

'Parecia um filme de terror'. É dessa forma que vários moradores e turistas que participavam da festa de Réveillon em Mongaguá, no litoral de São Paulo, definem a queima de fogos que deixou pelo menos 10 feridos na cidade durante a madrugada deste domingo (1). Enquanto milhares de famílias se reuniam para celebrar a chegada do novo ano, os fogos, instalados pela Prefeitura da cidade, começaram a explodir em direção à multidão.

O acidente ocorreu na Praça Dudu Samba. Na manhã deste domingo, a Prefeitura de Mongaguá emitiu uma nota lamentando o acidente durante a virada do ano. Além disso, a administração municipal informou que está apurando as causas do acidente.

De acordo com o morador Marcelo Tavares, que acompanhava a queima de fogos da janela de casa, as pessoas aproveitavam normalmente a festa de Réveíllon quando foram surpreendidas. "Os rojões começaram a estourar onde estavam muitas pessoas concentradas. Foram muitos rojões e as pessoas começaram a correr, pois o local estava muito cheio. Muita gente começou a cair e ouve gritaria", lembra.

Ainda segundo Tavares, tudo aconteceu muito rápido e surpreendeu as pessoas que acompanhavam o show pirotécnico. "Era um momento de diversão. Familiares estavam reunidos e ninguém poderia imaginar passar por isso. Foi uma situação muito triste", completa.

A servidora Maria Luiza Pereira, que acompanhava a queima de fogos no meio da multidão conta como tudo aconteceu. "Passamos um susto assistindo a queima de fogos no Centro. Eu estava gravando e os fogos começaram a vir para cima de nós. Gravei sem querer. No desespero o meu celular ficou ligado", disse.

Pelo menos seis viaturas do SAMU, equipes da Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar atuaram para socorrer às vítimas, que foram encaminhadas ao Pronto Socorro da cidade. De acordo com a administração municipal, as vítimas tiveram ferimentos leves e foram liberadas após receberem atendimento médico.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com