Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Morre mulher internada com suspeita de febre amarela vacinal

Morre mulher internada com suspeita de febre amarela vacinal

Compartilhe

A Secretaria do Estado da Sa?de informou que morreu na manh? desta quinta-feira (31) a mulher de 43 anos que estava internada com suspeita de febre amarela vacinal no Hospital Geral de S?o Mateus, na Zona Leste de S?o Paulo. H? suspeita de que a v?tima, a enfermeira Marizete Borges de Abreu, tenha contra?do a febre amarela por uma rea??o ? vacina.

A paciente trabalhava como encarregada de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital S?o Mateus. Ela estava internada desde a noite de s?bado (26). Sedada, respirava com a ajuda de aparelhos.

Segundo o hospital, Marizete tomou a vacina contra a febre amarela no dia 17, em uma unidade b?sica de sa?de em S?o Mateus. Ela n?o ia viajar para nenhuma ?rea de risco e n?o precisava ser vacinada.

Uma amostra do sangue da paciente foi coletada e encaminhada ao Instituto Adolf Lutz para confirmar se ela desenvolveu mesmo a febre amarela vacinal.

De acordo com Firmino Hag, chefe da UTI do hospital, a paciente tinha uma doen?a pr?-existente que alterava o seu sistema imunol?gico, deixando-o mais fraco. Segundo ele, nesses casos n?o ? recomend?vel tomar vacina quando a pessoa n?o vai viajar para um local onde h? risco de contrair a doen?a.

O Minist?rio da Sa?de tamb?m n?o recomenda que pessoas com baixa imunidade sejam vacinadas, como alguns casos de portadores do v?rus HIV ou pessoas em tratamento de c?ncer, quem toma rem?dios que reduzem a imunidade - como cortic?ides em doses elevadas. O ?rg?o recomenda que pessoas que tenham a imunidade baixa procurem orienta??o m?dica antes de receber a vacina. O minist?rio tem um site com informa?es sobre a doen?a.

Segundo o ?ltimo boletim divulgado pelo minist?rio, ?s 17h da quarta-feira (30), desde o m?s de dezembro foram notificados 47 casos suspeitos de febre amarela silvestre no pa?s. Destes, 20 foram confirmados, dos quais 10 pacientes morreram. Outros 20 casos foram descartados e sete permanecem em investiga??o.

Os prov?veis locais de infec??o dos casos confirmados foram ?reas silvestres de Goi?s, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar