Morre o chanceler Aírton Queiroz, deixando legado de arte e cultura

A notícia do falecimento foi confirmada pela família

O chanceler Aírton Queiroz, de 56 anos, da Universidade de Fortaleza (Unifor) faleceu na madrugada desta segunda-feira (3) no Hospital Montklinikum, onde estava internado há mais de 90 dias. Doutor Aírton como era conhecido,  deixa dois filhos – Edson Queiroz Neto e Patrícia – e um legado inigualável de arte e cultura no Brasil por seu trabalho na Unifor.

A família Queiroz desde o anúncio da morte a 1h da manhã decidiu que o velório será simples e com a presença apenas dos irmãos,sobrinhos e cunhados. Não foi divulgado, mas ainda hoje o seu corpo será cremado. As cinzas entregues aos filhos serão jogadas nos jardins de sua residência e também na Unifor, onde o chanceler contribuiu decisivamente nos últimos 35 anos na formação dos jovens do Ceará.

Aírton Queiroz era filho dos empresários Edson e Yolanda Queiroz, já falecidos.

Image title

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com