Motorista atropela e mata três homens naturais de Elesbão Veloso

Uma das vítimas é irmão do jornalista Erisnaldo Kaenga.

Nesta quarta-feira (26/04), um grave acidente no Km 435 da Rodovia Anhanguera, próximo a Aramina, em São Paulo, provocou a morte de três trabalhadores rurais naturais da cidade de Elesbão Veloso, que no momento prestavam serviço como estivadores. De acordo com informações, eles foram contratados para fazer o transbordo de uma carga de soja de uma carreta que no dia anterior tomou às margens da rodovia.

O material recolhido pelo grupo seria colocado dentro de outro caminhão e os trabalhadores aguardavam a chegada deste segundo veículo. Como começou a chover, os profissionais se reuniram para tentar cobrir a carga espalhada para que ela não molhasse.

Durante os trabalhos, eles foram surpreendidos por um carro desgovernado modelo Vectra que atropelou sete trabalhadores. No impacto, morreram na hora os elesbonenses Adão Sobrinho Bezerra e Marcolino Mendes e um terceiro ainda não identificado. Os outros ficaram feridos e foram levados para a Santa Casa de Igarapava. Segundo funcionários da unidade de saúde, todas as pessoas encaminhadas para o local receberam auxílio médico e passam bem.

Adão Sobrinho Bezerra é filho da dona Modesta, moradora do bairro de Fátima, em Elesbão Veloso e irmão do jornalista Erisnaldo Kaenga, repórter e produtor da Rede Meio Norte. Ele deixa esposa e cinco filhos. Marcolino era cunhado de Adão, ele deixa um filho.

O motorista do carro que causou o acidente afirmou à polícia que é advogado e estava indo participar de uma audiência em Aramina. Ricardo Librais explicou que perdeu o controle do carro por causa da chuva. Ele responderá pelos crimes de lesão corporal e homicídio culposo.

Image title

Image title

Fonte: Elesbão News