Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mulher é agredida após pedir para transar com namorado: "Endemoniada"

Ele se alterou, disse que a namorada estava “endemoniada” e começou a ofendê-la

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma mulher de 47 anos registrou um boletim de ocorrência contra o namorado, de 39 anos, na última quinta-feira (27), afirmando ter sido agredida e humilhada porque pediu para ter relação sexual com ele.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal teria se encontrado para um jantar em família na casa da vítima, que mora no Bairro CPA III, em Cuiabá. Tudo tinha ocorrido bem até as pessoas começarem a ir embora.

Por volta da meia noite, quando restavam poucos familiares no local, a mulher falou discretamente para o namorado que gostaria de fazer amor. A reação do homem, no entanto, não foi a esperada. Ele se alterou, disse que a namorada estava “endemoniada” e começou a ofendê-la.

A mulher respondeu às ofensas e os dois começaram uma discussão calorosa. No meio do bate-boca, o namorado disse que a vítima só pensava em sexo. Ela, então o questionou sobre o que estava acontecendo, já que o namorado não queria mais ter relação sexual com ela.

Conforme o que consta no boletim de ocorrência, a resposta dele foi um soco na namorada, que revidou com um empurrão. Fora de si, o homem foi, então, até a porta do quarto da mãe da vítima e começou a dar socos.

Ainda segundo o relato feito à polícia, como a idosa não se levantou, ele voltou para o quarto da namorada e continuou as ofensas. Afirmou que ela era doente, psicopata e que só pensava em sexo.

Sem entender o que estava acontecendo, a mulher retrucou dizendo que o namorado não a procurava há mais de 20 dias e, por isso, ela estava, sim, interessada em ter relação sexual. Por fim, a mulher questionou o namorado se ele havia se tornando homossexual.

A pergunta causou ainda mais revolta no homem, que deu um tapa no rosto da mulher e começou a enforcá-la. Em meio à agressão, ele dizia para ela não encostar nele, ou seria assassinada.

Quando já estava quase sem forças por causa do enforcamento, a mulher conseguiu chutar o órgão genital do namorado, fazendo-o solta-la. Ela aproveitou a oportunidade e acionou a polícia.

Vendo a namorada fazendo a ligação, o homem fugiu pelo telhado da casa. A vítima registrou um boletim de ocorrência contando o ocorrido, afirmando estar com dores por todo o corpo e pedindo medidas protetivas contra o suspeito, que não foi mais visto.

 

Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×