Mulher é investigada por alimentar cobra com filhotes de cachorros

Ela vinha alimentando o réptil com gatos vivos, filhotes e aves

Uma espanhola, que não teve a identidade revelada, está sendo investigada por autoridades de Granada, na Espanha, por supostamente usar filhotes de cachorros, gatos e pássaros ainda vivos para alimentar uma cobra.

As denúncias contra a mulher surgiram após uma imagem de um filhote de cachorro sendo morto pela píton-real ser vinculada nas redes sociais. Um funcionário de Seprona, uma unidade de proteção animal da Guarda Civil espanhola, se passou então por um cliente interessado em comprar a cobra e conseguiu a confissão de que ela vinha alimentando o réptil com gatos vivos, filhotes e aves. 

Embora não sejam venenosas, cobras da espécie píton-real são conhecidas por seu grande porte, podendo chegar até 9 metros, e por matarem suas presas por esmagamento.

Image title

Fonte: Com informações da UOL