Mulher luta com bandido para salvar marido e é morta a tiros

Vítima era promotora de vendas e tinha 43 anos

Uma promotora de vendas foi morta com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em São Vicente, no litoral de São Paulo, no último domingo (23). Carla Sampaio Braga, de 43 anos, entrou em luta corporal com um dos criminosos para tentar defender o marido, quando foi atingida pelo disparo. Até o momento, ninguém foi preso.

O caso ocorreu na Rua Walt Disney, no bairro Cidade Náutica. Na casa, além da vítima, estavam o marido e filho do casal. Segundo o relatado pelos dois homens à Polícia Militar, Carla e o esposo estavam deitados no quarto, que fica em frente à piscina do sobrado, quando ouviram um barulho na residência.

O marido, que também tem 43 anos e trabalha como supervisor em uma siderúrgica, levantou-se e se deparou com um criminoso encapuzado próximo à porta. Ele entrou em luta corporal com o suspeito e, nesse momento, Carla foi ao encontro dos dois para tentar defender o marido. Foi quando um segundo criminoso se aproximou e disparou contra a cabeça da vítima.

Ainda de acordo com a polícia, ao mesmo tempo, em outro quarto do sobrado, o filho do casal, de 18 anos, dormia quando foi surpreendido por outros três criminosos, todos encapuzados. Um deles colocou a mão em sua boca, anunciou o assalto e disse para ele não gritar. Instantes depois, o trio ouviu o tiro disparado no outro cômodo e fugiu.

Na sequência, a quadrilha foi embora sem levar nenhum pertence da família. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o corpo de Carla já sem vida, próximo à piscina. A perícia da Polícia Civil e a Divisão de Homicídios de Santos também foram acionadas e estiveram no local. O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente. Até o momento, ninguém foi preso.

Image title



Fonte: Com informações do G1