Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mulher para de trabalhar por problema de saúde e pede ajuda

Ela fala que a quantia do auxílio doença vem ajudando a conseguir alguns medicamentos, mas as despesas vão além do recebido.

Mulher para de trabalhar por problema de saúde e pede ajuda
Mulher pede ajuda | Magal
Compartilhe
Google Whatsapp

Francisca Maria, de 47 anos, é moradora da zona rural de Campo Maior e atualmente vive um momento bem difícil da sua vida. Além de não ter outros familiares, sem contar os dos dois jovens que ela cria, um de 8 anos e o outro de 18 anos, ela enfrenta alguns problemas de saúde que dificultam seu dia a dia e até mesmo já a impossibilitaram de trabalhar. Devido a isso, ela pede doações, uma vez que o auxílio-doença atualmente é sua única fonte de renda, mas não é o suficiente para pagar todas as despesas que a família tem.

Crédito: Magal

“Eu parei de trabalhar em 2016, por causa dos meus problemas de saúde. Hoje, além de três tumores na região da coluna, que já dificultavam minha locomoção, eu até mesmo quebrei meu tornozelo. Estou vindo aqui pedir ajuda, pois logo logo a situação deve ficar mais difícil, uma vez que eu já estou indo marcar a cirurgia para remover esses tumores, e o tempo de recuperação é incerto”, conta Francisca Maria.

Ela fala também que a quantia do auxílio doença vem ajudando a conseguir alguns medicamentos, mas as despesas vão além do recebido. Por isso, ela também está pedindo doações em dinheiro para que ela tenha como conseguir os medicamentos que hoje ela não tem acesso, e até mesmo prover alimentação para seus filhos.

Atualmente, ela está pedindo ajuda para receber cestas básicas que ajudem na sua alimentação e a dos seus filhos que moram com ela, medicamentos que ela não consegue comprar com o auxílio, uma cadeira de rodas para ajudar na sua locomoção, cobertores para ajudá-la a enfrentar o frio e, caso alguém queira doar em dinheiro, ela também tem uma conta poupança na Caixa Econômica Federal para a arrecadação. (J.M.F.)






Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar