Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Mulher que teve partes tocadas por PM diz que som alto causou confusão

Explicações da mulher circular em aúdio nas redes sociais. Caso foi registrado no Plantão da Área Itaqui-Bacanga, no último sábado.

Compartilhe

A explicação da mulher que foi abordada por dois policiais militares e teve a mão de um deles colocada por debaixo de sua saia circulam na internet em vários áudios. Ela não se identifica, mas diz que tudo começou por conta de um som automotivo em um bar que ela estava consumindo bebida alcoólica. As informações são do G1.

Em um dos áudios, a mulher diz que os policiais chegaram no bar e determinaram que o volume do som automotivo de um cliente fosse diminuído. A abordagem dos policiais desagradou alguns clientes, inclusive a mulher.

"Ele chegou lá pra mandar para o carro de som. Aí o rapaz do carro, abaixou (o volume), aí o rapaz que ia assar o galeto lá (no bar) disse que era engraçado que quando era pra baixar volume de carro eles (policiais) chegavam rápido, mas quando é um assalto, eles nem aparecem. Aí o policial se 'doeu' e ficou gritando em cima do rapaz. E eu simplesmente não gostei da abordagem dele e desacatei ele. Foi isso. Aí ele se achou no direito de fazer aquilo tudo", disse a mulher.

Reprodução/Redes Sociais

Em outro áudio, ela reclama que o celular dela ia ficar com um dos policiais. "E o outro policial ele pegou meu celular do chão e botou dentro do bolso dele. Pode olhar no vídeo que eu meto a mão dentro do bolso dele pra tirar o meu celular, quando ele dizia que não estava com meu celular.

O caso foi sábado, na Avenida dos Portugueses, na Área Itaqui-Bacanga, por isso, o caso foi registrado no Plantão da Polícia Civil da região. O delegado da área é Dilson Menezes, titular do 5º DP, mas segundo ele, o procedimento ainda não chegou até ele.

Segundo a Polícia Militar, os dois policiais que aparecem nas imagens foram afastados das atividades nas tuas e foram encaminhados para funções administrativas. Os nomes dos agentes não foram divulgados.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), se manifestou e afirmou que um "processo disciplinar foi aberto e será conduzido de acordo com a lei".

Reprodução/Redes Sociais

Por meio de nota, a PM confirmou que abriu procedimento para investigar a conduta dos policiais e que "não compactua com as condutas, cujas ações não são de acordo com os princípios profissionais e éticos que orientam as atividades dos integrantes de toda a corporação".

No vídeo, um dos PMs coloca uma das mãos por baixo da saia da mulher na tentativa de colocá-la em uma viatura, no bairro Itaqui-Bacanga. Segundo a Polícia Militar, ela foi abordada porque estava perturbando o sossego e também teria desacatado os policiais.

Após a cena do policial colocando a mão embaixo da saia, as pessoas que estavam no local tentaram impedir a abordagem. Em seguida, começou uma discussão entre os policiais e os populares, que afastaram a mulher do carro da polícia, pertencente ao 1º Batalhão de Polícia Militar.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar